Publicidade
Cotidiano
ESTELIONATO

Presidente de associação de pescadores é preso por desviar verbas de Seguro Defeso

Com Alexandre Antônio Gama foram apreendidos R$ 19 mil, 55 cartões de pescador, 22 cartões do benefício social e 200 documentos como RG e CPF 23/03/2018 às 15:45 - Atualizado em 23/03/2018 às 15:49
Show show pescadores03
Foto: Arquivo A Crítica
acritica.com

O presidente da Associação de Pescadores de Itapiranga, Alexandre Antônio Gama Farias, de 65 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Civil do Amazonas por desviar recursos do Seguro Defeso do município, distante 227 quilômetros em linha reta de Manaus. A prisão ocorreu durante uma operação na última quarta-feira (21).

Segundo o delegado João Cabral, titular da 38ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Itapiranga, foram apreendidos com Alexandre R$ 19 mil em espécie, 55 cartões de pescador profissional, 22 cartões do benefício social e, aproximadamente, 200 documentos de identificação pessoal, entre Registro Geral (RG) e Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). A operação contou com o apoio de policiais militares lotados naquele município e de policiais civis que atuam na 40ª DIP, em Silves, município distante 204 quilômetros em linha reta da capital.

“As investigações em torno de Alexandre foram iniciadas há um mês, logo após os associados nos procurarem. Eles relataram que o infrator estava cobrando taxas elevadas de anuidade. Começamos a investigar o padrão de vida de Alexandre e constatamos que não era compatível com os ganhos auferidos. Recebemos informações que na tarde do dia 21 ele estaria retornando de Itacoatiara para Itapiranga. Foi quando pedimos apoio da Polícia Militar e de servidores lotados na 40ª DIP e, por volta das 16h, logramos êxito no flagrante”, explicou Cabral.

De acordo com o delegado, Alexandre foi preso pelas equipes das polícias Civil e Militar na estrada do Uirapuru, que liga Itacoatiara a Silves, e os R$ 19 mil apreendidos são oriundos da fraude. “Trouxemos o infrator para a 38ª DIP. Em depoimento ele confessou que exigia dinheiro de cada pescador associado, em especial os indivíduos em situação irregular no Seguro Defeso. Alexandre sacava o benefício para estes pescadores e, como garantia do recebimento de parte do valor, retinha RGs e CPFs, bem como o cartão de saque dos indivíduos”, declarou Cabral.

Mandado de busca e apreensão

Em continuação aos trabalhos, na quinta-feira (22), os policiais civis da 38ª DIP cumpriram mandado de busca e apreensão em imóveis pertencentes a Alexandre, situados na rua Rio Uatumã, bairro Jardim Primavera, e também na sede da Associação de Pescadores de Itapiranga, na rua Perseverante Garcia, no bairro Gilberto Mestrinho. A ordem judicial foi expedida naquele dia, pela juíza Ana Paula Braga, da Comarca de Itapiranga.

“Nos dois locais encontramos mais dinheiro, RGs, CPFs, cadastros de pescadores associados e apreendemos computadores do infrator. Constatamos que com o dinheiro da anuidade e do Seguro Defeso, Alexandre comprou a casa dele, o prédio da associação, uma pick-up da montadora Nissan, modelo Frontier, de cor prata e placas OAJ – 0502, além de uma lancha com motor de popa 140 HP. As diligências vão continuar para saber a dimensão das aquisições advindas da prática criminosa”, pontuou Cabral.

Flagrante

Alexandre foi autuado em flagrante por estelionato majorado. Ao término dos trâmites legais na 38ª DIP, o infrator será conduzido à carceragem da unidade policial, que funciona como unidade prisional em Itapiranga. 

Publicidade
Publicidade