Publicidade
Cotidiano
Notícias

Presidente Dilma deve indicar Mauro Campbell para o STJ

A informação, já adiantada por A CRÍTICA, voltou a ganhar destaque na mídia do sudeste nesta segunda-feira (30) 01/04/2015 às 10:31
Show 1
Ministro Mauro Luiz Campbell Marques, atualmente no Superior Tribunal de Justiça (STJ)
acritica.com Manaus (AM)

Depois do Estadão, o jornal Follha de S.Paulo, na edição desta segunda-feira (30), afirma que o ministro amazonense Mauro Campbell, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), é o favorito da presidente Dilma Rousseff (PT) a ser indicado à vaga de ministro do Superior Tribunal Federal (STF) aberta desde a saída de Joaquim Barbosa. A reportagem teve chamada na capa do jornal.

A publicação afirma ainda que o escolhido deve ser anunciado nos próximos dias. Segundo o jornal paulista, Campbell contra com apoio de três nomes fortes do governo: dos ministros José Eduardo Cardozo (Justiça), Eduardo Braga (Minas e Energia) e de Sigmaringa Seixa, uma espécie de mentor para nomeações e temas relacionados ao Judiciário.

Por contar com o apoio de um cacique peemedebista (Braga) e por ser ministro do STJ, segundo a publicação, Campbell tem condições de furar o bloqueio do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente do Senado Federal, que já recusou outro nome cotado para a vaga.

O indicado pela Presidência da República para a vaga passará ainda por uma sabatina no Senado, que referendará ou não a indicação.

Perfil

Mauro Campbell é promotor de Justiça de carreira, posto o qual renunciou em 2008 para assumir o posto de magistrado do STJ. Ele foi procurador geral de Justiça do Amazonas três vezes. Entrou para o Ministério Público em 1987.

O ministro amazonense tem várias passagens pelo Executivo. Entre março de 1991 e outubro de 1993, foi Secretário de Estado de Justiça. Ainda em 1993, assumiu o cargo de  Secretário de Estado de Segurança Pública, no qual permaneceu até 1995.

Campbell voltou ao Executivo nova anos depois, em 2004, na gestão de Eduardo Braga no Governo do Amazonas, no cargo de Secretário de Estado de Controle Interno, Ética e Transparência (atual Controladoria-Geral do Estado), onde permaneceu de janeiro a setembro daquele ano. Nos bastidores, Braga é apontado como padrinho de Campbell na indicação à vaga no STJ.

Rumores

Desde o início do ano, Mauro Campbell figura entre os nomes cotados para assumir a vaga aberta no STF há oito meses. A CRÍTICA revelou em fevereiro que Campbell estava entre os favoritos da presidente Dilma Rousseff. Em março, o Estadão também informou sobre a possível indicação.

Se for confirmada a indicação e se o nome dele for aprovado, Campbell será o segundo ministro amazonense a assumir uma das cadeiras do STF desde o início da República. O primeiro foi Francisco Manoel Xavier de Albuquerque, que ocupou assento na Suprema Corte entre 1972 e 1983.

Publicidade
Publicidade