Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019
Notícias

Presidente do TRE-AM chamará Eduardo Braga e José Melo para conversar sobre crimes eleitorais

Com disputa para governador do AM decidida em 2º turno, presidente do TRE-AM quer conter ocorrência de mais crimes eleitorais. Cestas básicas, veículos, R$ 212 mil e até cadeira de rodas e gasolina foram usados para comprar voto no 1º turno



1.jpg Presidente do TRE, desembargadora Socorro Guedes punirá com rigos crimes eleitorais neste segundo turno das eleições 2014
05/10/2014 às 23:46

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), Socorro Guedes, vai convocar os candidatos Eduardo Braga (PMDB) e José Melo (Pros) para uma reunião na tentativa de evitar que no 2º turno se repitam os registros de boca de urna e apreensão de dinheiro suspeito de servirem para compra de votos no Estado.

As Polícias Civil e Federal informaram que entre os dias 3 e 5 de outubro foram apreendidos R$ 212 mil em espécie, além de registros de entrega de cestas básicas e 31 veículos apreendidos sob suspeita de transporte irregular de passageiros.

“Certamente vamos conversar com os dois candidatos porque é uma necessidade. Conversamos antes, quando eram sete candidatos. Agora, com dois, será mais simples. As medidas que tomaremos serão no sentido de termos uma atuação com mais rigor, intensificar a fiscalização e acompanhar de perto para que não haja favorecimento para os candidatos A ou B. Vamos trabalhar com isenção”, declarou Socorro Guedes.

O delegado da Polícia Civil Emerson Negreiros informou na última coletiva concedida na Central de Divulgação de Dados do TRE-AM que R$ 176 mil foram apreendidos pela Civil em espécie entre os dia 3 e 5 de outubro. “Intensificamos a fiscalização na sexta porque sabemos que esse tipo de prática irregular sempre começa na véspera da eleição”, declarou o delegado.

Ele informou que R$ 31 mil e uma cadeira de rodas foram apreendidos numa carreata em apoio à candidatura de Eduardo Braga no Careiro-Castanho. Outra apreensão foi de R$ 43,4 mil em Autazes também com material de campanha do candidato Eduardo Braga.  Em Lábrea, foram apreendidos R$ 2,5 mil com material de campanha do candidato reeleito ao cargo de deputado estadual Adjuto Afonso.

Em Barreirinha, numa embarcação do tipo “voadeira” a PC apreendeu  20 litros de gasolina, R$ 500 reais e quatro “santinhos” dos candidatos Dilma Rousseff (PT), Eduardo Braga e do senador eleito Omar Aziz (PSD). Sobre as demais apreensões em dinheiro, Emerson Negreiros afirmou que seriam informadas num balanço que a Polícia Civil deve divulgar hoje. O delegado não soube informar se houve apreensão pela Polícia Civil envolvendo a coligação do governador José Melo.

O delegado da Polícia Federal Fábio Pessoa informou que foram apreendidos R$ 25 mil em Tefé; R$ 6 mil e uma espingarda num jatinho que havia parado para abastecer no aeroporto Eduardinho e R$ 5 mil em Tabatinga. Além disso, a PF flagrou entrega de cestas básicas no Conjunto João Paulo, na Zona Leste.

A PF também apreendeu requisições de gasolina com mototaxistas em Manaus numa denúncia contra a Polícia Militar. Uma Hilux toda “adesivada” bem em frente a um local de votação foi apreendida pela PF. Dentro dela, vários materiais de divulgação proibidos no dia do pleito. “Foi bem agitado, especialmente no interior. Vamos reforçar nossas estratégias para coibir os crimes eleitorais e começamos a trabalhar para o segundo turno amanhã (hoje)”.

Balanço

O delegado federal Fábio Pessoa informou que nesta segunda-feira a PF deve divulgar um balanço detalhados das apreensões. Informou ainda que, para não influenciar na eleição, a PF evita divulgar nome dos candidatos envolvidos nas ocorrências.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.