Quarta-feira, 01 de Abril de 2020
POSSÍVEL CANDIDATURA

Presidente estadual do PRTB nega existência de convite a Mourão

Antônio Paiva disse não ter conhecimento e nenhuma informação nesse sentido. No domingo, o ex-presidente e membro da legenda, Fred Melo, defendeu a candidatura de Mourão ao Senado pelo Amazonas



show_PHOTO-2019-03-29-11-10-16_7BEE1EF5-4701-4DD7-B2AC-7A7508D144F8.jpg Foto: Sandro Pereira
27/01/2020 às 17:32

O presidente estadual do PRTB, Antônio Paiva, negou a existência de convite da sigla para que o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (PRTB), dispute a candidatura ao Senado pelo Amazonas, em 2022. No domingo, o ex-presidente e membro da legenda, Fred Melo, defendeu, nas redes sociais, a candidatura de Mourão.

“Não tenho conhecimento do convite e nenhuma informação nesse sentido. Acho muito prematuro essa colocação do Fred, que já não responde desde junho de 2019, e qualquer ventilação dessa informação, sendo que não há nenhuma confirmação ou fala do general Mourão, também é do partido, nesse sentido”, declarou Antônio Paiva.



Na publicação, Fred Melo afirma que Mourão é um “nome para engrandecer o nosso estado. Ganharia fácil e o Amazonas seria o grande beneficiado”.

De acordo com Paiva, o vice-governador do Amazonas e presidente de honra do partido, Carlos Almeida (PRTB) esteve na última semana reunido com o presidente nacional do PRTB, Levy Fidelix, e esse assunto não foi discutido. “Nada nesse sentido foi ventilado”, disse o presidente estadual da sigla.


Foto: Reprodução/Facebook

Filho do general de divisão Antônio Hamilton Mourão e da coronel Wanda Martins Mourão, ambos amazonenses, Mourão já atuou na Amazônia como militar do Exército. Foi comandante da 2ª Brigada de Infantaria de Selva, no município de São Gabriel da Cachoeira, na tríplice fronteira entre o Brasil, Colômbia e a Venezuela. Atualmente Mourão é coordenador do recém-criado Conselho da Amazônia.

“Não tenho essa autorização para falar em nome do general Mourão. Mas o nome dele e a forma como ele tendo conduzido politicamente, como vice-presidente, nos leva a crer que a nomeação dele para cuidar dessa parte da Amazônia - por ser filho de amazonenses, por gostar muito e ter andado por essa região e ser o vice-presidente da República - entendo, pessoalmente, que é muito importante para todos nós. Vai ser uma grande contribuição”, avalia Paiva.

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) explicou, no Twitter, que o Conselho da Amazônia irá ‘coordenar as diversas ações em cada ministério voltadas para a proteção, defesa e desenvolvimento sustentável da Amazônia’. Em uma segunda publicação no Twitter, Bolsonaro anunciou a criação da Força Nacional Ambiental. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da vice-presidência, mas não obteve retorno até o fechamento desta reportagem.

Reconhecimento

Em outubro de 2019, a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas  aprovou o Título de Cidadão do Amazonas ao vice-presidente da República. A entrega da solenidade foi marcada para o dia 10 de dezembro, mas na véspera foi adiada para 2020, em data a ser definida, pois Mourão foi designado para representar o Brasil na posse do presidente da Argentina Alberto Fernández.

Hamilton Mourão é natural de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Na justificativa do projeto, o autor da proposta deputado estadual Cabo Maciel destaca que o vice-presidente é de “ascendência indígena”, filho de amazonenses e merecedor da cidadania amazonense porque atuou no Amazonas.

Visita a Manaus

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, virá a Manaus para proferir palestra na Escola Superior da Magistratura do Amazonas (Esmam). A data e o tema  da palestra, que será aberta ao público, ainda não foram confirmados pelo gabinete do vice-presidente e por Mourão, respectivamente. No evento, Mourão será homenageado com a Medalha do Mérito Acadêmico, concedida pela Esmam a autoridades, personalidades e profissionais que contribuíram para o engrandecimento da Justiça do Amazonas.

Eleições 2020

O presidente estadual do PRTB afirmou que a sigla está dialogando com o Partido Social Cristão (PSC), do governador Wilson Lima para definição das estratégias para as eleições municipais deste ano.

“O partido do governador e do vice estão trabalhando juntos nessa estratégia e no momento oportuno vai ser melhor explicado para imprensa. Vamos ter candidatos”, disse.

Paiva declarou que o presidente de honra do partido e vice-governador, Carlos Almeida não é candidato à prefeitura de Manaus. “Ele já afirmou isso várias vezes e vai honrar o mandato que lhe foi dado e ao Wilson Lima. Ele está horando e quer contribuir para o governo até o fim do mandato”, declarou.

No sábado, ao ser questionado sobre uma eventual candidatura do vice-governador, Wilson Lima disse que os dois ainda não conversaram sobre o tema e que ‘depende muito dele (Carlos)’.

"Eu ainda não conversei com o Carlos Almeida sobre essa situação, mas aí depende muito dele. Não tem como eu obrigar ninguém ou impedir de seguir o caminho que achar mais interessante, mas ainda não conversei com ele sobre isso", declarou à imprensa.

News larissa 123 1d992ea1 3253 4ef8 b843 c32f62573432
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.