Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019
Notícias

Presidiário do regime semiaberto traficava enquanto estava fora da cadeia em Anori (AM)

Os trabalhos de investigação começaram após as denúncias anônimas, e durante duas semanas, foram realizados os trabalhos que confirmaram as denúncias, e em uma ação rápida os policias prenderam o acusado em flagrante



1.jpg “Caçula” foi autuado em flagrante por tráfico de droga e ficará a disposição da Justiça de Anori
30/03/2012 às 17:16

Policiais civis do 75º Distrito Policial do município de Anori (234 quilômetros de Manaus) prenderam em flagrante, na manhã desta terça-feira (27), o presidiário Jucélio Gomes de Oliveira, o “Caçula”, 31. Ele foi preso em sua residência localizada no bairro Santo Antonio, por tráfico de droga.

Com “Caçula”, foram apreendidos 200 gramas de cloridrato de cocaína, 150 gramas de pasta base, R$ 800 em espécie, além de joias, relógios, tênis, aparelhos celulares que eram trocados por drogas pelos usuários.

De acordo com o delegado de Anori, Normando Bastos, “Caçula” é presidiário do regime semi-aberto, já responde pelo crime de tráfico de drogas. Quando saia pela manhã, o suspeito aproveitava e passava o dia comercializando entorpecente em sua residência e retornava a noite para o presídio.

Segundo o delegado, a delegacia recebeu várias denúncias informando sobre a constante movimentação de usuários de drogas no local. Os trabalhos de investigação começaram após as denúncias anônimas, e durante duas semanas, foram realizados trabalhos de investigação e campanas que confirmaram a veracidade das denúncias, e em uma ação rápida os policias prenderam o acusado em flagrante.

As denúncias da população foram fundamentais para a prisão do traficante, informou o delegado. “Caçula” foi autuado em flagrante por tráfico de droga e ficará a disposição da Justiça de Anori. 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.