Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Notícias

Preso enfermeiro acusado de estupros dentro de Posto de Saúde no Japiim

O enfermeiro fará exame de corpo de delito e será encaminhado à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, onde aguardará decisão da Justiça



1.jpg Ronaldo nega os crimes apesar de ter sido reconhecido pelas vítimas
16/01/2014 às 01:02

Policiais Civis do 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP) prenderam por volta das 14h30 desta terça feira (14) dentro do Posto de Saúde Lourenço Borges, no Japiim, Zona Sul, o enfermeiro Ronaldo Augusto Ferreira de Souza, 42 anos de idade.

O funcionário público é acusado de ter estuprado uma menor de 14 anos, no dia 18 de novembro de 2013, tendo tido relações com a mesma dentro da UBS do Posto de Saúde Lourenço Borges, no Bairro Japiim.



A menor contou em depoimento que o enfermeiro não deixou a sua mãe entrar no consultório para acompanhá-la, e que lá dentro foi dopada pelo mesmo, tendo sido obrigada a manter relações sexuais com ele.

No dia 30 de dezembro de 2013, outra vítima procurou o 3º DIP e disse que o enfermeiro Ronaldo Augusto trancou a porta do consultório médico e usando de violência obrigou a mesma a tirar a sua roupa, pegou em suas partes intimas e só não consumou o ato por que no momento da penetração, alguém bateu na porta, assustando-o.

A vítima de 20 anos afirmou em depoimento que Ronaldo lhe ameaçou, dizendo que se ela contasse pra alguém o que tinha acontecido, iria sofrer conseqüências graves.


As vítimas fizeram o reconhecimento do acusado através de fotos, e o Dr. Guilherme Antoniazzi, Delegado do 3º DIP, representou pela prisão preventiva do acusado, assinada pelo juiz de Direito da 10ª Vara Criminal de Manaus, Genesino Braga Neto.

Periculosidade

Em sua decisão, o magistrado ressalta que o acusado denota a sua periculosidade, uma vez que ele utiliza-se do seu ambiente de trabalho para a prática de atos ilícitos, como também pratica o crime de exercício ilegal da enfermagem, pois a sua conduta recomenda o afastamento provisório do convívio social, como garantia da ordem pública, afirma o juiz.

O enfermeiro Ronaldo Augusto Ferreira de Souza negou em depoimento que tenha praticado o estupro, mas as vítimas compareceram até a delegacia e fizeram o reconhecimento pessoal do acusado, confirmando o que disseram nos depoimentos.



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.