Publicidade
Cotidiano
Notícias

Preso pela polícia, 'Jiquitaia' confessa mais de 300 assaltos

Polícia Civil prendeu Luis Carlos George Duarte Branco, envolvido em roubos na Zona Centro Sul da cidade de Manaus 22/08/2013 às 20:33
Show 1
Jiquitaia estava sob efeito de drogas no momento da prisão e teve que receber tratamento médico
acritica.com Manaus (AM)

A equipe de investigação do 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP) prendeu na tarde desta quinta-feira (22), Luis Carlos George Duarte Branco, 22, conhecido como 'Jiquitaia', por envolvimento em roubos no bairro Petrópolis, Zona Sul da cidade. Em depoimento a polícia, Jiquitata confessou ter cometido mais de 300 assaltos em sua vida.

Ele foi preso em cumprimento de mandado de prisão expedido no dia 11 de agosto deste ano pela juíza Mirza Telma de Oliveira Cunha, do Plantão Criminal.

Jiquitaia foi capturado por volta de 14h em sua residência, na Rua Danilo Correia. No momento, o homem estava sob o efeito de drogas e tentou resistir à prisão. Os Policiais Civis solicitaram que uma equipe do Serviço Móvel de Urgência (Samu) se descolasse até o endereço do suspeito para realizar procedimentos médicos, já que ele apresentava sinais de possível overdose.  

De acordo com o Delegado Abrahão Serruya, existem cinco inquéritos policiais em nome de Jiquitaia por envolvimento em diversos roubos na região do 3º DIP. “Atualmente cinco vítimas já compareceram no 3º DIP para fazer o reconhecimento do suspeito e todas confirmaram que ele foi o autor dos delitos”, declarou Serruya.

Durante a oitiva, Jiquitaia confessou ter roubado mais de 300 vítimas, porém revelou que em momento algum assaltava mulheres. Ainda de acordo com o delegado o homem roubava aparelhos smartphones, modelo Iphone, e com a ajuda de um comparsa, não identificado pela polícia, utilizava motocicletas para cometer os assaltos.

No 3º DIP, Jiquitaia foi autuado por roubo. Ele será encaminhado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus, onde ficará à disposição da Justiça.


**Com informações da Polícia Civil

Publicidade
Publicidade