Sábado, 16 de Outubro de 2021
Projeto inovador

Primeiro ‘Edifício Solar’ do Amazonas será inaugurado no fim de outubro

Além de duas estruturas instaladas no Campus Sul da Ufam em Manaus, são desenvolvidos edifícios solares em outros Campus no interior do Estado



27/09/2021 às 17:35

Está marcada para o dia 25 de outubro a inauguração do primeiro 'Edifício Solar' do Estado. Fruto do projeto intitulado “Estudo do impacto do uso da energia solar no Amazonas”, da Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Amazonas (FCA/Ufam), o objetivo é reduzir os custos com energia elétrica na Universidade por meio do uso de painéis solar. Sete Campus vão contar com a estrutura e a primeira inaugurada será a localizada na capital.

“O conjunto desses sete edifícios vão produzir mais ou menos 1.250.000 quilowatts zero de energia por ano e isso vai provocar uma grande redução na conta da Ufam, mas principalmente a emissão de carbono”, explicou o coordenador do projeto, professor da FCA, Eron Bezerra.

“Cada quilowatt de energia produzido por energia convencional gera e emite o entorno de 3.4 quilos de dióxido de carbono, então nós vamos deixar de emitir tudo isso à medida que a Ufam passa a ter uma produção total energia solar”, complementou ainda.

Além de duas estruturas instaladas no Campus Sul da Ufam em Manaus, está sendo desenvolvidos edifícios solares em Campus localizados nos municípios de Benjamin Constant, Coari, Humaitá, Itacoatiara e Parintins. Com isso, a meta, em cinco anos, é fazer com que a Universidade Federal do Amazonas seja inteiramente alimentada a base de energia solar, segundo o que afirma o professor.

“A Ufam não terá despesas com base em energia solar. Vale destacar que esses conjuntos não serão inaugurados todos agora, por enquanto, apenas o de Manaus. Mas já começamos as instalações e ao que tudo indica, até o final de novembro nos inauguraremos todos eles”.

Conforme Eron Bezerra, serão instalados pelo menos 630 painéis solares no Campus da Ufam Sul; 620 painéis solares em Itacoatiara e Parintins e mais ou menos 600 painéis nos demais. Em paralelo, outro objetivo do estudo é de estruturar um Centro de Capacitação em Energia Solar Fotovoltaica (CCESF), que permitirá capacitar pessoas em geral para o uso da tecnologia. “O Centro será algo permanente, ele vai treinar e capacitar pessoas que queiram aprender a usar e empreender na área de energia solar”, destacou ainda.

Outros projetos também serão inaugurados, no dia 25 de outubro, na Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade como o Centro de Mídia e Tradução Simultânea; as Estações Solarimétricas; uma Estação Meteorológica; o Centro de Capacitação em Energia Solar Fotovoltaica, além do Edifício Solar.

“A segunda inauguração são as estações solarimétricas, que são equipamentos já instalados que estão mensurando qual é o potencial de energia solar do Amazonas. Além disso, nós vamos inaugurar uma unidade de pesquisa que coordena e mensura dados de meteorologia como o clima no campus da Ufam”, pontou Eron Bezerra.

O projeto “Estudo do impacto do uso da energia solar no Amazonas” envolve a participação de 60 pessoas entre professores e alunos bolsistas de graduação e de pós-graduação. O trabalho está sendo desenvolvido em conjunto com mais dois projetos de pesquisa: O estudo do potencial de energia solar fotovoltaica do Amazonas e seu mapa solarimétrico' e 'O estudo de variáveis meteorológicas, a partir da Estação Meteorológica Automática da Ufam'.



News karol 2d8bdd38 ce99 4bb8 9b75 aaf1a868182f
Repórter de Cidades
Jornalista formada pela Uninorte. Apaixonada pela linguagem radiofônica, na qual teve suas primeiras experiências, foi no impresso que encarou o desafio da prática jornalística e o amor pela escrita.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.