Terça-feira, 18 de Junho de 2019
Notícias

Principal porto de Ipixuna afunda e prejudica comerciantes e produtores

O porto flutuante era a principal ponte de chegada via fluvial de Ipixuna, as embarcações estão atracando nas margens do município



1.jpg Porto Flutuante João Neto foi para o fundo do rio
29/11/2013 às 15:49

O principal porto flutuante do município de Ipixuna (localizado a 1.367 de distância de Manaus) afundou na madrugada de quinta-feira (29), prejudicando o acesso de embarcações que trazem e levam passageiros, assim como produtos que serão comercializados.

De acordo o presidente da associação dos piscicultores de Ipixuna, Bonfim Almeida, a principal causa do acidente foi a falta de manutenção no porto flutuante João Neto.

“O porto foi para o fundo do rio, deixando muito prejuízo e revolta para a população, pelo o serviço que o mesmo servia para o nosso município, sendo assim vítima do descaso do poder público municipal”, acusou o presidente.  

Ainda de acordo com ele, as bóias que sustentavam o cais flutuante apresentavam alguns furos na superfície. Seria preciso tirar a água com uma bomba, porém a gestão municipal não estaria dando o óleo diesel do motor para o funcionamento do equipamento.

O porto flutuante era a principal ponte de chegada via fluvial de Ipixuna. Agora, as embarcações estão atracando nas margens do município. A produção rural foi toda perdida, além de canoas e pequenas embarcações que foram junto com o porto para o fundo após o incidente.

Três comércios que ficavam localizados no porto também tiveram prejuízos e blocos perderam as mercadorias. Os comerciantes estimam um prejuízo em torno de R$ 100 mil em equipamentos.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.