Publicidade
Cotidiano
Notícias

Procedimento investigará conduta de policial militar que matou jovem, em Eirunepé

Policial estava de folga no momento do disparo, que acertou fatalmente Iuquese da Silva, de 21 anos. O militar disse que o jovem o ameçou com um terçado 29/06/2015 às 20:26
Show 1
O jovem chegou a ser socorrido, mas não resisitu aos ferimentos.
Kamyla Gomes ---

Iuquese Jhone da Silva, de 21 anos, foi morto com um tiro na madrugada do último domingo (29), em Eirunepé, após, segundo a Polícia Militar, tentar matar um agente da corporação que estava de folga. Segundo a PM, ao tentar matar o policial, que não teve o nome revelado, Iuese Jhone usou um terçado.

De acordo o comandante da 1° Companhia Indendente de Polícia Militar (CIPM), o policial contou em depoimento que pediu para que Iuquese largasse o terçado. Segundo o policial, o jovem não largou a arma branca. Então, o militar deu um 'tiro de advertência'.

Conforme a PM, o policial se sentiu ameaçando, pois Iuquese insistia em não atender o seu pedido para que ele largasse o terçado. O policial decidiu, então, disparar e acertou o abdômen. Iuquese foi atendido por outros policiais militares e em seguida foi encaminhado a uma unidade hospitalar, mase não resistiu ao ferimento.

Em nota, a PM informou que a morte será apurada em procedimento administrativo. O caso também foi registrado na Delegacia local, conforme legislação peculiar para apuração, uma vez que o policial encontrava-se de folga no momento do fato. A PM não informou o local e as circunstâncias do ocorrido.

Publicidade
Publicidade