Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
DE MAO À SAMPA

Produtos da Amazônia são destaque durante evento em SP

Nove artesãos do estado expõem seus trabalhos em peças com a cara da Amazônia na capital paulista



eef31b82-f653-4e2d-984c-d7ad1da9eb17__1___1__26CC3544-98EE-42B2-8F44-999C4E6E6FE6.jpeg Foto: Divulgação
11/10/2019 às 14:12

O 13º Salão do Artesanato Raízes Brasileiras, considerado a maior vitrine do artesanato brasileiro, que acontece desde a última quarta-feira (9) no Parque Ibirapuera, em São Paulo (SP), colocou em destaque a produção dos artesãos do Shopping do Artesanato e Economia Solidária do AM. O evento é marcado por encontros entre parceiros que realizam parceria em prol da identidade cultural e do fomento da economia nacional.

O time de artesãos que representa o Amazonas durante o evento, reúne Elcione de Souza Martins, com tipologia em semente, fio e fibra, pena e pluma; Katyucia Andrade Nascimento, com trabalho em semente, pena, pluma e couro sintético; Maria Rociene Santos da Silva, com semente, madeira e escama de peixe; Maristela da Silva de Abreu, com fio, fibra e sementes; Simeão Anhape Bezerra, com madeira; Luziene Carneiro de Andrade, em madeira, sementes, pena e pluma; Marlucia Azrak Filgueiras, sementes, fio e fibras; Dinalva Dias Campos, com fio, fibra e madeira; e Rita de Cássia Brasil Mendonça, com fio, fibras, sementes e metal.

A secretária de Estado do Trabalho, Neila Azrak, acompanha o grupo de artistas selecionados para representar o estado no evento,. “É muito gratificante ver o sucesso que se tornou a exposição do Amazonas no Salão de Artesanato de São Paulo, e saber que todos esses profissionais que expõem aqui têm um espaço fixo para mostrar o seu trabalho com dignidade, como é o Shopping do Artesanato e Economia Solidária, em Manaus”, comemorou ela.



Durante a abertura do 13º Salão do Artesanato Raízes Brasileiras, na quarta-feira (9), o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Costa, mencionou o Amazonas e o governador Wilson Lima em seu discurso, elogiando o estado e o trabalho dos artesãos amazonenses presentes. Ele também visitou o estande de exposição dos artistas do Amazonas e falou de sua consideração pelo estado.

Na Colômbia

Um grupo de cinco artesãos amazonenses participa da III Feira Artesanal da Região Amazônica, em Letícia, na Colômbia, no período de 8 a 14 de outubro. O convite para participar do evento partiu da Prefeitura da cidade colombiana e a comitiva amazonense é composta de artistas dos municípios de Benjamin Constant, Tabatinga e Manaus. Eles se uniram ao grupo dos Estados do Ceará e Espírito Santo, todos representando o Brasil na feira.

A Gerência de Emprego e Renda da Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab) coordena o grupo em Letícia, do qual fazem parte os artesãos Tertulino Francisco Mendes (Tabatinga), com adornos utilitários e decorativos usando fibra como matéria-prima; Rosa Chota D'Ávila (Benjamin Constant), com cestaria decorativa também em fibra; Hector Nanuyama Huyta (Tabatinga), com trabalhos em madeira e fibra para adornos decorativos e utilitários; Elizabeth Tikuna, da Associação das Mulheres Indígenas Tikunas de Bom Caminho (Benjamim Constant), com cestaria e adornos em fibras; e Neuza Assis D’Ávila, da comunidade Porto Cordeirinho (Benjamin Constant), com adornos utilitários em penas e sementes.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

18 Nov
bradesco_C22DD61C-FE71-4FDD-BB1B-A5B7C048EF01.JPG

TRT11 celebra acordo de R$ 1,1 milhão entre Bradesco e ex-funcionária

18/11/2019 às 11:20

A bancária ingressou com reclamação trabalhista contra o HSBC e o Bradesco em novembro de 2016, pretendendo receber o pagamento de diferenças salariais, horas extras, tempo a disposição da instituição financeira durante as viagens, além indenização pelos danos morais sofridos no ambiente de trabalho


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.