Publicidade
Cotidiano
VIOLÊNCIA

Professora é esfaqueada na cabeça e pescoço pelo marido no município de Humaitá

Identificado apenas como David, o suspeito fugiu, mas foi capturado horas depois. A mulher foi socorrida por familiares e segue internada em estado grave 02/09/2018 às 15:08 - Atualizado em 02/09/2018 às 17:03
Show 1535916060859445 1dcaade4 f21c 40c3 9550 55b80e73d106
Foto: Divulgação
Larissa Golvin Manaus (AM)

A professora Elizete Farraz Lopes foi esfaqueada na cabeça e no pescoço e agredida fisicamente pelo companheiro dela, identificado apenas como David, na tarde deste sábado (1º), por volta de 14h, no município de Humaitá, a 590 quilômetros de Manaus, nas mediações da rua Princesa Isabel, bairro Nova Esperança. A mulher foi socorrida por familiares e segue internada em estado grave. O suspeito do crime fugiu, mas foi capturado horas depois.

A Polícia Militar do município informou que, primeiramente, as equipes foram acionadas para uma ocorrência de roubo naquele local. Entretanto, ao chegaram até o endereço os policiais foram informados da situação de tentativa de homicídio e se deslocaram ao hospital da cidade onde a mulher já recebia os primeiros socorros. Lá, a professora contou que o então companheiro teria desferido golpes de faca na cabeça e pescoço dela, além de causar diversos hematomas pelo corpo.

Logo após ser esfaqueada e agredida, e antes de ficar inconsciente, a vítima enviou para uma amiga várias fotos registradas por ela mesmo mostrando os ferimentos, pedindo socorro e contando o que tinha acontecido. Elizete Farraz foi transferida para um hospital em Porto Velho, onde segue internada em estado grave.

Enquanto isso, Davi havia empreendido fuga. Porém, após buscas a PM conseguiu efetuar a prisão dele. Levado à 8ª Delegacia Interativa de Humaitá (8° DIH), David foi indiciado por tentativa de homicídio e lesão corporal grave. Os materiais usados no crime foram levados para a delegacia para perícias.

Publicidade
Publicidade