Publicidade
Cotidiano
Mercado de Trabalho

Profissionais contam como construir uma carreira e conseguir uma oportunidade de atuar em gigantes do mercado internacional

Veja o passo a passo para construir uma carreira multinacional no exterior! 19/10/2018 às 09:05 - Atualizado em 19/10/2018 às 18:56
Show coca cola milena peres  4    c pia 133aaefd c5b4 4eba 967e 8961aeea55e6
Profissionais como a Gerente de Planejamento e Logística da Coca-Cola, Milena Perez frisam que comunicação é essencial para carreira internacional
Rebeca Beatriz Manaus

Com o mercado de trabalho em constantes transformações, não é incomum encontrar pessoas em busca de  uma  carreira que proporcione estabilidade e segurança. O desejo de realização profissional e de se manter firme no mercado  ultrapassa fronteiras, levando os brasileiros a construírem um currículo internacional, com experiências em grandes empresas ao redor do mundo. 
As multinacionais, por exemplo, oferecem vagas e plano de carreira para brasileiros que desejam trabalhar no exterior. As oportunidades estão em cargos que contemplam desde a área de tecnologia à comunicação. No entanto, é válido lembrar que para conquistar a tão sonhada vaga no mercado internacional, é necessário mais que um segundo idioma e diploma de nível superior. Um conhecimento prévio da cultura do país de destino é o principal requisito para se dar bem, conforme explica o especialista em Carreiras, Durval Braga Neto.
“Falar inglês é um requisito imprescindível. Infelizmente o brasileiro ainda fica muito atrás se comparado a outras nacionalidades. Mas, além disso, é de extrema importância ser flexível e aberto a novas culturas, novas línguas e novos hábitos, pois este talvez esse seja o maior desafio para quem segue carreira internacional: Adaptar-se à cultura de uma empresa em outro país”, comenta.
 

Aperfeiçoando Talentos
Cada multinacional possui sua própria política para ocupação de cargos no exterior. A Coca-Cola, por exemplo, empresa que é uma das líderes mundiais no ramo de bebidas, defende que organização e expertise ao olhar para os talentos de alta performance são fundamentais para promover os negócios.
  Para desenvolver esses talentos, a gigante aposta em pessoas que tenham curiosidade e vontade de alcançar novas respostas, que tenham ousadia e iniciativa, resilientes, dispostas a aprender com os próprios erros e com espírito de equipe.

Aptidões como essas fizeram a gerente de materiais da Coca-Cola Brasil para Américas, Andrea Navarro se destacar e construit uma carreira internacional dentro da empresa. Com isso, ela já teve a oportunidade de morar em outros países e atualmente faz parte de uma equipe multicultural, com profissionais de várias partes do mundo: Irlanda, Argentina, Estados Unidos, México, Brasil e Porto Rico.
“O mercado é global. Tudo precisa estar muito engrenado. A solução para dar certo é estudar, conhecer outras línguas que possibilitem estar inserido nesse meio. É fundamental saber se comunicar, e o respeito por outras culturas é imprescindível. Apesar de estarmos globalizados, há uma diversidade cultural e de mercado, que se a pessoa não souber lidar, ela não sobrevive. Mas as oportunidades são inúmeras”, conta.

A gerente de materiais da Coca-Cola Brasil para Américas, Andrea Navarro conta como se destacou na multinacional. 


Valorização
Já a gerente de planejamento e logística da Coca-Cola Brasil, Milena Perez, destaca que ao voltar para o Brasil após uma experiência de carreira internacional, o profissional fica ainda mais valorizado no mercado. 
“As empresas possibilitam e até precisam que os profissionais busquem novas tecnologias. Há espaço  no mercado, desde que você busque se destacar. E quando você traz para o Brasil uma experiência internacional, é algo positivo, pois o que pudermos trazer de inovação para a indústria e para o mercado brasileiro, será visto com bons olhos”, comenta.

Ter familliaridade com o lugar de destino conta pontos nas avaliações, pois os recrutadores estão de olho em tudo!  Quem já passou por isso, confirma. A jornalista Jessica Petters  já  trabalhou na Google e em breve irá para a Apple nos Estados Unidos. Mas, antes disso, houve planejamento. Ela visitou duas vezes os EUA, e participou de programas de qualificação, o que foi crucial. 
“O requisito principal por eu ter sido contratada foi sem dúvida já possuir uma experiência de vida. A empresa considerou de onde eu saí e o que eu já conquistei, e minha confiança de saber que tudo é possível”, diz.

A jornalista Jessica Petters que  já  trabalhou na Google e em breve irá para a Apple nos Estados Unidos revela que a familiaridade com o local foi fundamental para conquistar uma vaga no exterior. 

 

Dicas

1. Idioma. O domínio de um segundo idioma é fundamental para quem deseja construir carreira em empresa multinacional com atuação no exterior.

 2. Cultura. Outro requisito indispensável para se dar bem em um país estrangeiro é conhecer a cultura dele.

3. Respeito. Mais do que conhecer, é fundamental respeitar e ser tolerante às diferenças em escala global.

 4. Vivência. Planeje-se para viajar até o país desejado antes de começar a carreira, pois isso conta pontos com os recrutadores.

Publicidade
Publicidade