Quinta-feira, 05 de Agosto de 2021
IGUALDADE DE GÊNERO

Profissionais do Nova Era destacam-se em cargos de liderança

Ações do grupo abrem caminho para que as mulheres cresçam e alcem voo, assumindo a liderança em diversos setores



4ce3129d-cb08-4ac4-8c1a-7c78654cda91_F6BD27BB-8340-400D-82E2-05063D4216B5.jpg Foto: Divulgação
07/03/2021 às 10:15

A desigualdade de gênero no mercado de trabalho é um desafio a ser enfrentado no Brasil. Levantamento divulgado esta semana pelo Instituto de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que as mulheres ocupam apenas 37,4% dos cargos gerenciais no país. 

Para mudar esse cenário, garantindo as mesmas oportunidades a homens e mulheres, algumas empresas têm dado passos importantes que merecem registro. Um exemplo bacana vem do varejo, no Grupo Nova Era, com ações que abrem caminho para que as mulheres cresçam e alcem voo, assumindo a liderança em diversos setores. 



A gerente de Recursos Humanos do Nova Era, Viviane Oliveira, ressalta que faz parte da política interna da empresa gerar oportunidades de crescimento da equipe, independente do gênero. “É cada vez mais frequente encontrar mulheres ocupando posições de níveis de gerência ou diretoria. Não é uma questão de discurso, mas sim uma visão estratégica das companhias, que passam a contar com pessoas de experiências diferentes e isso tem impacto direto nos resultados. O Nova Era é um exemplo nesse sentido”, destacou.

Assim como Viviane, também ocupa posto de liderança na empresa a gerente de Operações da unidade do Nova Era do bairro Cidade de Deus, Irene Sales. Ela tem apenas um ano e oito meses no grupo e conseguiu chegar ao cargo atual em tempo recorde. “Uma das coisas que me chamou atenção no Nova Era é o fato da empresa possuir um plano de carreira. Eu sabia que minha dedicação seria reconhecida em algum momento. O percurso que me levou ao cargo de gerente foi natural e consegui isso há quatro meses. Conforme fui adquirindo experiência e acumulava responsabilidades, a promoção vinha junto”, relatou.

Irene diz que a área em que atua tem uma predominância maior de homens, mas isso não interfere no trabalho. A equipe que coordena é 60% dela composta por homens. “O princípio de tudo é o diálogo e o respeito. Dessa forma, é possível ir contornando os desafios do dia a dia. Tenho como meta continuar crescendo e alcançando novos postos na empresa”, frisou.

Outro exemplo de liderança é a gerente de Marketing do Grupo Nova Era, Viviane Cavalcante, que é formada em Publicidade e Propaganda e atua na área há mais de 10 anos. Ela iniciou na empresa há 3 anos. “O Nova Era oferece muitas oportunidades de crescimento profissional. É uma empresa que acredita na importância da diversidade de opiniões, independente de raça ou gênero. A cultura interna de se construir um espaço aberto a todos transcende a empresa. Queremos que todos sintam-se em casa e acolhidos, tanto clientes como colaboradores”, afirmou.

Viviane é responsável por um setor estratégico do grupo, que é o Marketing, e sua equipe é formada 80% por mulheres. “Tenho muito orgulho do meu time. São mulheres empoderadas e extremamente competentes e dedicadas em entregar o seu melhor. Me enche de satisfação poder contribuir no desenvolvimento e o amadurecendo de suas carreiras, assim como outras mulheres me ajudaram na construção da minha”, ressaltou. 

A sororidade e a empatia são conceitos muito presentes e até estimulados nas relações de trabalho, no Nova Era. A empresa considera importante mostrar solidariedade, apoio, compreender o outro e reconhecer os seus resultados. O entendimento é que as pessoas trabalham melhor quando sentem-se acolhidas e isso independe do gênero.

O reconhecimento é uma questão destacada pela gerente comercial do Nova Era, Niceia Chagas. Com formação em Administração, ela ingressou no grupo como estagiária e logo foi contratada. Passou pelos cargos de assistente de vendas, coordenadora de compras, compradora e há um ano foi promovida a gerente comercial. 

“As oportunidades foram surgindo e eu aproveitei. Claro que houve muito esforço e trabalho para conquistar tudo. Houve momentos de desafios durante o percurso, tive que conquistar meu espaço nas negociações junto aos fornecedores e indústrias, onde os homens ainda são maioria. No início, por eu ser mulher e jovem, achavam que eu não estava suficientemente preparada, porém, a firmeza e posicionamento perante os assuntos tratados, me ajudaram a mostrar a minha capacidade e a superar esta fase”, conta Niceia.

Os desafios, de acordo com ela, foram importantes e serviram de impulso para querer melhorar sempre. Assim como ela e as profissionais citadas acima, muitas outras mulheres compõem e se destacam em vários segmentos no Nova Era, mostrando a importância da diversidade e da igualdade de oportunidade no mercado de trabalho.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.