Publicidade
Cotidiano
CIÊNCIA

Programa de divulgação científica da Fapeam terá edital somente após eleição suplementar

A redução do quadro de bolsista pode limitar a divulgação de trabalhos nos próximos três meses 03/06/2017 às 05:00
Show fapeam 701x351
Programa de Divulgação Científica da Fapeam foi criado na gestão do professor Odenildo Sena com o objetivo de popularizar a ciência
Álik Menezes Manaus

O possível fim do Programa de Divulgação Científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam) causou polêmica entre bolsistas que foram dispensados e a atual gestão da fundação. Apesar da reclamação, o coordenador da instituição afirmou que tudo não passou de  “boatos”. Ex-gestor da área, por sua vez, lamentou a forma como o programa tem sido tratado nos últimos meses (veja no boxe ao lado).

 Um bolsista, que pediu para não ser identificado, contou que o último edital, com validade de dois anos, chegou ao fim, mas foi renovado por mais um ano e que essas pessoas precisariam ser dispensadas, mas algumas foram incluídas em outro programa e continuariam trabalhando. “Mas, essa semana, fomos surpreendidos com o anúncio do fim do programa”, contou.

 Segundo ele, todos os bolsistas foram dispensados e o departamento ficaria apenas com a jornalista responsável pelo setor, todos os outros foram dispensados. A informação que circulava internamente é que programa seria cancelado e não haveria outro edital. A direção voltou atrás após a polêmica e chamou de volta os jornalistas e designers mais antigos. Conforme ele, a direção do programa teria dito que tentou ao máximo evitar esse desligamento, mas não conseguiu e também não haveria mais previsão se e quando teria um novo edital. Bolsistas contaram que a justificativa para o fim do programa seria a falta de recursos do governo.

  O coordenador do programa de inovação Fapeam, Décio Reis, afirmou: “Esse edital é de 2014, com validade por dois anos, expirou e foi prorrogado por mais um ano, mas agora chegou ao fim”. Décio  disse que o programa não foi e não será cancelado. “Estamos em período eleitoral, logo não podemos abrir um novo edital agora, somente após a eleição”, explicou.  Ele disse ainda que um novo edital já está sendo produzido e haverá mudanças no perfil dos profissionais selecionados.

Descontinuidade
O professor Odenildo Sena, criador do programa, disse que nos anos anteriores, antes do edital vencer, outro edital era lançado e os bolsistas poderiam participar novamente. Dessa forma, não havia descontinuidade dos trabalhos. Sena também lamentou. a redução da equipe

Publicidade
Publicidade