Publicidade
Cotidiano
Notícias

Programa de educação artística a distância e gratuito é lançado nesta quarta-feira (22)

O Programa vai ensinar toda a teoria fundamental nas áreas de Dança, Artes Visuais, Teatro e Música para quem quiser aprender e terá dois sistemas 22/10/2014 às 19:23
Show 1
Robério Braga vê no programa 'um passo para a continuidade permanente do ensino de arte e cultura no Estado'
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Um programa de ensino à distância que vai levar cultura e arte para todo o Amazonas por meio da internet e de canal de TV aberta foi lançado nesta quarta-feira (22), pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (SEC).

O Programa vai ensinar toda a teoria fundamental nas áreas de Dança, Artes Visuais, Teatro e Música para quem quiser aprender e terá dois sistemas. O primeiro será realizado dentro do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro, com os instrutores recebendo a capacitação de tutores e repassando essa capacitação aos mais de 45 mil alunos matriculados em todas as unidades do Liceu, atualmente presente em Manaus e Parintins e em processo de implantação nos municípios de Borba e Envira.

O segundo seráaberto ao público em geral por meio de vídeo-aulas, documentários e polimídias, que serão disponibilizadas no Youtube e em TV aberta para todo o Estado e o mundo. Basta ter acesso a internet ou ligar a televisão.

“Isso é inclusão cultural e representa um passo para a continuidade permanente do ensino de arte e cultura que iniciamos com o Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro”, explica o secretário de Estado de Cultura, Robério Braga.

Os primeiros contemplados na primeira fase do Programa, que durará 90 dias, serão 60 instrutores que receberão capacitação online e irão, ao mesmo tempo, testar a plataforma digital criada especialmente para o Programa.

A plataforma na internet funcionará como um campus virtual, onde o aluno terá acesso a vídeo-aulas, entrevistas e documentários com temas pertinentes ao que está sendo estudado.

As aulas são teóricas e contextualizam todos os assuntos referentes aos temas, desde a origem da arte até o final do século 19. Além de acompanhar as aulas teóricas, todos os alunos terão que executar tarefas diárias, o que os habilitará a passar para o módulo seguinte do curso.

Todos os alunos poderão tirar possíveis dúvidas através de um chat online dentro da própria plataforma. Todos os questionamentos serão respondidos em um prazo máximo de 24 horas.

 “É um processo pedagógico arrojado que visa educar e informar adequadamente, utilizando as mais modernas ferramentas disponíveis à educação. E abrindo esse conhecimento para o mundo todo, de forma gratuita”, finalizou Robério.


Publicidade
Publicidade