Publicidade
Cotidiano
Notícias

Programa ‘Luz Para Todos’ atendeu mais de 415 mil pessoas no Amazonas

Mais de 161 mil postes e redes de distribuição com capacidade instalada de 198.375 kVA, foram instalados em regiões consideradas remotas e de difícil acesso no interior do Estado 01/02/2013 às 19:51
Show 1
Atendimentos em domicílios rurais chegaram a 83.172
acritica.com* ---

Com o investimento da ordem de R$ 655 milhões, o ‘Luz Para Todos’ já beneficiou uma população de aproximadamente 415.860 pessoas em todo o Amazonas, disponibilizando serviços essenciais e da possibilidade de maior incremento na criação de emprego e renda nas comunidades rurais atendidas

Com mais de 13 mil quilômetros de extensão de rede elétrica distribuída por todo o Estado do Amazonas, o Programa Luz Para Todos (PLpT) - que já chegou a todos os 62 municípios amazonenses -, atendeu mais de 12.890 unidades consumidoras em 2012, cumprindo a meta estabelecida pelo Ministério de Minas e Energia (MME).


Desde o início da execução do Programa no Estado em 2004, foram construídos 13.182,76 km de rede de distribuição rural em média e baixa tensão e realizadas 83.172 atendimentos em domicílios rurais. Esse número é superior ao estipulado nos Termos de Compromisso assinados pelo MME, Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Eletrobras e Governo Estadual, que era de 81 mil atendimentos.

Pelo menos 2.357 obras foram executadas para levar energia elétrica a quem ainda não contava com esse benefício. Mais de 161 mil postes e redes de distribuição com capacidade instalada de 198.375 kVA, foram instalados em regiões consideradas remotas e de difícil acesso no interior do Estado.

A previsão do Programa para 2013 é de atender mais 13.095 novas unidades consumidoras com um custo de cerca de R$ 188 milhões.

Energia elétrica

O ‘Luz Para Todos’ é um programa do Governo Federal que tem como objetivo acabar com a exclusão elétrica no país para pessoas que moram em áreas rurais e tornar realidade a inclusão social nessas regiões. O Programa é coordenado pelo Ministério de Minas e Energia, operacionalizado pela Eletrobras e executado pelas concessionárias de energia elétrica e cooperativas de eletrificação rural em parceria com os Governos Estaduais.

* Com informações da assessoria de comunicação

Publicidade
Publicidade