Quinta-feira, 02 de Dezembro de 2021
Solidariedade

Projeto 'Adote Um Ciclo' doa mais de 200 mil absorventes a instituições em Manaus

Toda a população pode contribuir realizando doações em um dos pontos de coleta da iniciativa, entre eles, o Colégio Martha Falcão, localizado na rua Salvador, n° 455, no bairro Adrianópolis



Sem_titulo_C8A07C61-470A-479D-A9DA-A3843C679C5F.jpg Foto: Divulgação
17/11/2021 às 10:31

O Instituto ELA - Educadoras do Brasil está realizando a entrega de 200 mil absorventes a instituições em Manaus e Presidente Figueiredo. A ação faz parte do projeto “Adote Um Ciclo” que, desde o início do ano, já arrecadou mais de 220 mil produtos de higiene íntima para escolas públicas, Unidades Básicas de Saúde (UBS), Comunidade do Livramento, maternidade, abrigo dos venezuelanos, além de instituições que atendem a meninas e mulheres em situação de vulnerabilidade.

Segundo a professora Nelly Falcão, diretora do Pinocchio Centro Educacional e Colégio Martha Falcão e representante do Instituto ELA na região Norte, nesta edição o projeto contou com doação do Atack Hiperatacado e da marca Always. “Diversas instituições foram contempladas, além das escolas pudemos atender até a penitenciária feminina”, informou.



Toda a população pode contribuir realizando doações em um dos pontos de coleta da iniciativa, entre eles, o Colégio Martha Falcão, localizado na rua Salvador, n° 455, no bairro Adrianópolis. Instituições e empresas podem colaborar encaminhando os absorventes ou entrando em contato com a escola, através do telefone (92) 3303-0700, para que busquem as doações.

“Precisamos nos unir para ajudar a diminuir a pobreza menstrual no nosso Estado. Milhares de meninas e mulheres não possuem condições de adquirir produtos básicos de higiene, como um absorvente, e por conta disso, na maioria das vezes, elas colocam a saúde em risco ao recorrerem a soluções improvisadas durante o ciclo menstrual, como retalhos de pano ou papel, o que pode ocasionar infecções urinárias e genitais”, destacou Nelly Falcão.

De acordo com um estudo do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), mais de 710 mil meninas vivem sem acesso a banheiro ou chuveiro em seu domicílio e mais de 4 milhões não têm acesso a itens mínimos de cuidados menstruais nas escolas.

 

Balanço

 

Na primeira edição do projeto “Adote um Ciclo”, foram distribuídos cerca de 24 mil absorventes, beneficiando mais de 1400 meninas e mulheres. Entre elas, alunas do Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Elisa Bessa Freire e do Ceti João dos Santos Braga, Escola Estadual Antônio Telles de Souza, além das mulheres atendidas na Casa Mamãe Margarida.

“Nessa etapa contamos com apoio do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Estado do Amazonas (Sinepe-AM) e instituições sindicalizadas, entre elas, o Centro de Ensino Literatus, Escola Igapó, Meu Caminho, Colégio Fametro, Colégio Martha Falcão e Pinocchio Centro Educacional”, informou a representante regional do Instituto ELA, Nelly Falcão.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.