Publicidade
Cotidiano
NESTA QUARTA

Projeto de Lei para criação do Conselho Estadual LGBT é aprovado na ALE-AM

Com 13 votos a favor e dois contra, PL 60/2017, de autoria do executivo, foi aprovado nesta quarta-feira (26) 26/04/2017 às 20:34
Show aleam033333
(Foto: Hudson Fonseca/ALE-AM)
Geizyara Brandão Manaus

Enquanto o auditório da Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM) era palco de uma audiência pública como parte da programação de eventos da 38ª reunião do Conselho Nacional de Combate à Discriminação de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transsexuais e Transgêneros (LGBT), a matéria para a criação do Conselho Estadual (Cecod) da mesma temática causava um debate acirrado entre os deputados no plenário.

Com 13 votos a favor, dois contrários – dos deputados Carlos Alberto (PRB) e Wanderley Dallas (PMDB) – e uma abstenção do deputado Francisco Souza (PTN), o Projeto de Lei (PL) 60/2017, de autoria do executivo, foi aprovado nesta quarta-feira (26).

O presidente da casa legislativa afirmou não concordar com a questão LGBT, mas respeita a diversidade e o livre arbítrio contabilizando o voto a favor da matéria em discussão. “Esse respeito tem que ser mútuo, uma via de mão dupla. Por exemplo, ano passado esta casa recebeu uma proposta dos cinco deputados evangélicos, à época, a criação da Frente Parlamentar Evangélica, foi pedido de vista. Os que defendem as minorias se colocaram contrário à criação da bancada evangélica”, justificou.

O deputado Luiz Castro (REDE) rebateu que a bancada evangélica não precisa de resolução para ser criada e ressaltou que a matéria se tratava do combate à violência, não outra finalidade, mas de proteger direitos.

 

 

Publicidade
Publicidade