Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020
Notícias

Projeto social de canto leva noite de Natal além

Programa Formando Cidadãos ajuda a transformar não apenas o Natal dos 400 adolescentes atendidos, mas o futuro desses jovens. O público alvo do programa são adolescente do sexo masculino, com idade entre 12 a 17 anos.



1.jpg A orquestra do programa Formando Cidadãos, do Governo do Estado, é composta por adolescentes entre 12 e 17 anos, que estavam em situação de risco social
21/12/2013 às 17:33

A música, que passou a fazer parte da vida dos 400 meninos atendidos pelo programa Formando Cidadãos, vai mudar mais do que a noite de Natal desses jovens que, em muitos casos, já foram infratores.

Além de alegrar a festa de muita gente que, mesmo sem conhecer a história de vida desses garotos, se emociona ao vê-los se apresentando pela cidade, o programa também vai garantir aos jovens a oportunidade de ter um futuro diferente do de muitos adolescentes infratores.



Para o comandante da Polícia Militar (PM), Almir David, o Programa Formando Cidadão é uma esperança que a Polícia Militar oferece para adolescentes não ingressasem no mundo do crime. A criação do programa Formando Cidadão foi uma idéia lançada por um ex-comandante da PM, em 1997, que teve o apoio de outros oficiais.

Muitos adolescentes que passaram pelo programa estão cursando a faculdade. Segundo o coordenador do programa, Wanderley Yokoyama, eles nunca esquecem e sempre voltam, ou então mandam cartas, como foi o caso de um jovem, de 21 anos, que mandou uma carta agradecendo e dizendo que está trabalhando na Nokia do Brasil, como operador de Smartphones. “Mas status não é mais importante do que um jovem olhar para trás e lembrar que teve uma infância boa com o programa Formando Cidadão. Saudades!”, finaliza o jovem, na sua cartinha. 

Em números

Quinze soldados que ingressaram na Polícia Militar no último concurso passaram pelo programa Formando Cidadão. A iniciativa de criar o projeto partiu de um ex-comandante da PM, em 1997. A ideia foi apoiada por outros oficiais da corporação. No programa, além de música, eles praticam esportes.

Quatrocentas crianças e adolescentesestão participando do programa em Manaus e em algumas cidades do interior. O público alvo do Formando Cidadãos são adolescente do sexo masculino, com idade entre 12 a 17 anos. Parte desses jovens já tiveram envolvimento com as drogas ou praticaram crimes.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.