Publicidade
Cotidiano
Notícias

Projetos de produtos sustentáveis são apresentados na Ufam

Alunos do curso de engenharia química da Universidade Federal do Amazonas apresentarão  projetos nesta terça-feira  26/01/2015 às 20:51
Show 1
O óleo do abacate pode ser comparado ao da oliva em riqueza de óleo. Alunos da Ufam conseguiram fazer o sabão em pó a partir da polpa do abacate
Luana Carvalho ---

Você já pensou em lavar roupas com sabão em pó feito de abacate? Construir uma casa com cimento produzido com fibras da ‘coroa’ do curauá (abacaxi amazônico), ou quem sabe tomar uma cerveja de açaí com os amigos?

Pensando no desenvolvimento sustentável, alunos do curso de engenharia química da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) apresentarão  projetos desenvolvidos por eles, às 17h30 de hoje, na sala 6 da Faculdade de Tecnologia da Ufam, localizada na Avenida Rodrigo Otávio, bairro Japiim, Zona Sul. A entrada é gratuita e livre para o público em geral. 

“Nós estamos muito felizes com os resultados e a repercussão que estes projetos estão tendo na mídia e na comunidade como um todo. Os alunos se esforçaram e o resultado ficou incrível”, comentou o orientador dos alunos, professor Johnson Pontes de Moura.

 Cimento sustentável

As fibras da folha do curauá (também conhecida como ‘abacaxizinho’) são usadas na Índia para a fabricação de fios e de tecidos para a aplicação têxtil em produtos de artesanato. Na Amazônia, a fibra de curauá é de uso popular na região do baixo-Amazonas, também para a manufatura de cordas, cestas e tapetes.

Inspirados no uso alternativo da fibra, um grupo de estudantes de engenharia química desenvolveu o cimento alternativo com a fruta sem causar grandes impactos ambientais.

Durante a pesquisa, os estudantes avaliaram que o composto de cimento e fibras obteve ótimos resultados em comparação ao composto de cimento e sisal. Concluíram, ainda, que o cimento produzido com a fibra de curauá tem condições de ser fabricado em grande escala e disputar mercado com empresas que adotam a fabricação de cimento tradicional.

 Sabão alternativo

A fabricação de sabão em pó caseiro também será apresentada na exposição dos projetos.  O óleo de cozinha reutilizado na produção do sabão é coletado no próprio restaurante da Ufam. Uma nova remessa de produção deve ser finalizada em fevereiro, embaladas e comercializadas ao preço de R$ 3 a unidade, com 300 gramas cada. "O abacateiro é uma das plantas mais difundidas no Brasil. Comparando-se à composição média da polpa do abacate com a de outras frutas, ela pode se assemelhar ao da oliva em riqueza em óleo", explicou a universitária Ana Carolina Bonfim.

Alternativa para a zona rural

Os alunos Cláudio Soares do Nascimento, Evandro Serafim Morais, Fagner Ferreira da Costa, Kevelyn Carolina Motta e Thaise Ellen Santos desenvolveram o projeto “Análise das rotas Tecnológicas para produção de Biogás com a utilização de resíduos agrícolas”, onde criaram um biodigestor sustentável. 

O equipamento é uma das alternativas tecnológicas para produzir energia limpa e atender as necessidades da população com a produção do ‘biogás’. O biodigestor  produz principalmente uma espécie de biofertilizante, que contribui para as plantações rurais. Além disso, o ‘biogás’  produzido pode ser usado para gerar energia elétrica.

A pesquisa apontou que com a implantação de um biodigestor nos territórios rurais, 80% dos problemas relacionado à preservação da floresta amazônica e do solo serão resolvido. O projeto piloto foi construído e está sendo testado em uma comunidade no município de Novo Airão (distante 180 km de Manaus).   O custo médio para a construção de um biodigestor caseiro é de aproximadamente R$600. O equipamento pode ser utilizado por produtores rurais que não possuem uma condição financeira favorável.

Amostras

Os projetos de produtos sustentáveis serão apresentados nesta terça-feira, às 17h30, na sala 6 da Faculdade de Tecnologia da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), localizada na Avenida Rodrigo Otávio, bairro Japiim, Zona Sul. A entrada é gratuita.

Publicidade
Publicidade