Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020
ONLINE

Proprietários de veículos no Amazonas podem imprimir o CRLV na própria casa

O documento para impressão é gratuito e está disponível por meio do app "Carteira Digital de Trânsito" ou no portal de serviços do Detran-AM



crlv_3A477420-FE2B-43E5-BED0-F566BA2E3A35.JPG Foto: Michell Mello/Secom
18/02/2020 às 18:10

A partir de hoje os motoristas amazonenses terão uma fila a menos para enfrentar no Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM). O Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo Digital (CRLV) poderá ser impresso em papel comum (A4), com a mesma validade do documento oficial, em qualquer impressora, até mesmo na casa do proprietário do veículo. Durante as blitze, o documento será validado por um QR Code. A novidade foi anunciada na tarde de ontem na sede do Detran-AM, Parque Dez de Novembro, Zona Centro-Sul de Manaus.

O motorista também poderá emitir a segunda via pela Internet sem precisar agendar o atendimento e nem pagar taxa de vistoria. Além da praticidade, a possibilidade de poder imprimir o documento em papel ofício vai gerar uma economia de aproximadamente R$ 160,92 aos bolsos dos condutores. O Amazonas é o 10° Estado do Brasil a oferecer essa comodidade à população.



O diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, ressaltou que essa foi mais uma medida para “desburocratrizar o serviço público” antes do dia 30 de junho, prazo final estabelecido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Cotran) para que todos os Detrans do País adotem o documento digital.

“As pessoas que estão fazendo licenciamento do veículo pagarão apenas a taxa de R$ 64 e não precisarão ir à sede do Detran para emitir o documento, pois poderão imprimir na própria casa, na casa de um amigo, numa lan house, enfim. Do ponto de visto da segurança, a medida é importante porque vai combater a falsificação de documento em papel-moeda, que servia para organizações criminosas ‘esquentarem’ veículos roubados”, destacou.

Por uma questão de segurança, para poder imprimir o documento por conta própria, o proprietário do veículo deve fazer o seu cadastro no Detran Digital (digital.detran.am.gov.br/) com seus dados pessoais e um e-mail obrigatório para receber uma mensagem de confirmação para finalizar o cadastro (e poder recuperar a conta quando precisar).

“Após o procedimento, o motorista poderá acessar o portal na opção ‘entrar’, informar CPF e senha para ter acesso ao CRLV Eletrônico, que poderá ser usado no celular ou ser impresso em qualquer lugar”, orientou o diretor técnico da Empresa de Processamento de Dados do Amazonas (Prodam), Heleno Ferreira.

O CRLV Digital já está disponível desde fevereiro do ano passado. “Apenas os estados que já aderiram a essa modalidade podem oferecer essa praticidade [de poder imprimir o documento por conta própria] aos condutores. A grande novidade é que, além do usuário não precisar mais ir ao Detran, não terá a obrigatoriedade do papel-moeda”, completou.

Conforme o Cotran, o documento só pode ser expedido após quitação de taxas vinculadas ao veículo, tais como tributos, encargos e eventuais multas de trânsito, bem como o seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT).

QR Code no topo atesta a veracidade do documento

Para solicitar o documento digital é necessário baixar o aplicativo “Carteira Digital de Trânsito”, disponível no App Store (iOS) ou no Google Play (Android) apenas para pessoa física. 

Após fazer o cadastro no próprio app, o usuário poderá adicionar o CRLV Digital, informando os mesmos da]dos. O documento possui todas as informações do documento impresso e um QR Code no topo para atestar a veracidade do documento em uma abordagem de trânsito. “É importante dobrar o documento com cuidado para não danificar o QR Code, para os agentes de trânsito poderem fazer a leitura de validação”, alertou Rodrigo de Sá.

É possível ter documentos de mais de um carro por celular. Todos os veículos precisam, no entanto, estar no nome do mesmo proprietário.  O aplicativo permite o compartilhamento do CRLV com até cinco outros aparelhos de celular ao mesmo tempo. Para que o proprietário possa “emprestar” o CRLV Digital para terceiros, essas outras pessoas também devem possuir o aplicativo Carteira Digital de Trânsito em seu celular.
 

News guilherme 1674 2977771b 6b49 41af 859a ef3c3b62eae8
Repórter do caderno Cidades do jornal A Crítica. Jornalista por formação acadêmica. Já foi revisor de texto de A Crítica por quatro anos e atuou como repórter em diversas assessorias de imprensa e publicações independentes. Também é licenciado em Letras (Língua e Literatura Portuguesa) pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.