Publicidade
Cotidiano
Notícias

PT classifica como 'traíras' e anuncia expulsão de filiados pró-Melo

Presidente estadual da sigla, o sindicalista Waldemir Santana, anunciou que os filiados que pediram voto para José Melo serão punidos 28/10/2014 às 10:19
Show 1
Presidente estadual do PT, Waldemir Santana, durante coletiva de imprensa
náferson cruz Manaus-AM

Vinte e quatro horas após o resultado das eleições, o diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT-AM), em coletiva na sede da sigla, na Praça 14, Zona Centro-Sul, anunciou que vai banir os militantes do partido que fizeram campanha silenciosa para candidatos opostos à coligação atrelada ao PT.

O presidente estadual do PT, o sindicalista Waldemir Santana, disse que até a próxima semana irá reunir as informações de militantes que foram identificados atuando para candidatos oponentes ao partido. “Já temos situações bem claras, não chamo essas pessoas de infiéis, mas de traíras”, disparou.

Santana disse ainda que a Comissão de Ética petista vai resolver a questão como medida cabível. O gestor do diretório no Estado informou que há casos de militantes que se afastaram e não se envolveram. “Agora aqueles companheiros que marcharam com o PSDB, pedindo voto para o governador que ganhou a eleição, é considerado infiel, aí não dá para engolir isso”, completou Santana.

Publicidade
Publicidade