Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019
Notícias

PT e PSDB dividem forças políticas no Estado com vistas às eleições de 2014

Com a Prefeitura de Manaus nas mãos de Artur Neto, os tucanos têm chances de se posicionar entre os protagonistas das eleições



1.gif O deputado estadual Arthur Bisneto foi reconduzido à presidência estadual do PSDB para o biênio 2013-2015, prometendo ampliar a presença da legenda no interior
29/04/2013 às 11:16

Há 19 anos polarizando a disputa pela Presidência da República, PT e PSDB atuam como coadjuvantes nas campanhas eleitorais pelo Governo do Amazonas. Com a Prefeitura de Manaus nas mãos de Artur Neto, os tucanos têm chances de se posicionar entre os protagonistas na disputa em 2014. Já os petistas, amarrados aos acordos com os aliados do Governo Federal, não deram ainda demonstração de que se colocarão como alternativa de voto no próximo ano.

Nas eleições de 1994 e 1998, o PSDB venceu o PT de Luiz Inácio Lula da Silva, garantindo Fernando Henrique Cardoso (FHC) na Presidência da República de 1995 a janeiro de 2003. Nesse período, a maior liderança da sigla no Amazonas e um dos seus fundadores, Artur Neto, no cargo de deputado federal, assistia Amazonino Mendes dar as cartas no Estado.

Na Assembleia Legislativa Estadual (ALE-AM), em 1994, os tucanos conseguiram eleger apenas um deputado, Valdenor Pontes Cardoso, das 24 vagas em disputa. Ele foi o 5º candidato menos votado. Quatro anos depois, FHC se reelegeu. E no Amazonas, o PSDB quase não consegue eleger um deputado estadual. Mário Frota conseguiu a vaga com a menor votação (5.436 votos) entre os eleitos para aquela legislatura.

Em 2002, o PT venceu a batalha com o PSDB, e elegeu Lula presidente. O operário ficou no maior posto político da País de janeiro de 2003 a janeiro de 2010. No Amazonas, os petistas não experimentaram nem uma marolinha da força alcançada pela legenda em âmbito nacional. O maior posto que o quadro da legenda no Estado tem hoje é o mandato de deputado federal de Francisco Praciano.

Nas mesmas eleições de 2002 vencidas por Lula, o PT lançou João Pedro para o Governo do Estado. Não teve sucesso. Desde lá, a legenda não disputa o cargo. João Pedro é o atual presidente estadual da sigla. Para a Câmara Federal, o PT colocou três nomes na briga em 2002. Também não logrou êxito. O único sucesso naquele ano foi na ALE-AM, com a eleição de Sinésio Campos. O petista mantém o mandato até hoje. E tem agora a companhia de outro colega de legenda na casa, José Ricardo. Mas os dois mantém posições opostas dentro do parlamento.

Artur Neto, hoje prefeito de Manaus, se aventurou na disputa pelo Governo do Amazonas em 2006. Não chegou nem perto de repetir as votações que obteve para a Câmara Federal e o Senado. Amargou um terceiro lugar, com a penas 5,5% dos votos válidos. Quatro anos depois, Lula e Eduardo Braga (PMDB) ajudaram a comunista Vanessa Grazziottin tomar a vaga do tucano no Senado.

Francisco Praciano, o principal nome

O vice-presidente estadual do PT, José Otoni, afirma que se o partido se unir em torno do projeto de lançar candidato ao Senado e ao Governo do Amazonas, em 2014, não terá oposição da direção nacional da legenda. “A grande questão é termos capacidade de ter maioria interna para defender uma candidatura majoritária”, disse o dirigente petista.

José Otoni disse que Praciano é o principal nome da legenda no Estado. Mas a construção de uma candidatura majoritária passar pelo diálogo com todas as forças do PT. “Se tiver nome (no partido) para o Senado ou governo, o dele é o primeiro a ser lembrado. A possibilidade é real”, afirmou o vice-presidente do PT.

Segundo Otoni, na reunião do dia 20, onde Praciano se lançou pré-candidato, os membros do partido deram demonstrações de que querem participar das eleições de 2014 disputando vaga no Senado e no Governo do Estado. E para ele, as condições agora são melhores que em 2010. “A maioria apontou na direção de candidatura majoritária”, disse o vice-presidente do PT. João Pedro não atendeu as ligações para 91xx-xx42.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.