Publicidade
Cotidiano
Notícias

Quadrilha especializada em roubar drogas de traficantes e revendê-las é presa em Manaus

O grupo estava sendo investigado há dois meses, pelo Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc). Os integrantes foram presos nesta quarta-feira (20) 21/05/2015 às 18:31
Show 1
Raimundo Rodrigues (45), Agno da Cunha (37),Eloísa Lopes (41) e Moisés Arão (39), foram apresentados na manhã desta quinta-feira (21)
Alexandre Pequeno Manaus (AM)

Na tarde desta quinta-feira (21), a Polícia Civil apresentou a quadrilha especializada em abordar traficantes, tomar a droga e depois vendê-las, que foi presa essa semana. A quadrilha foi investigada pela operação ‘Stive’, planejada há dois meses pelo Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc).

Liderada pelo policial militar reformado Moisés Arão de Lima, 39, o grupo fazia abordagens a traficantes, se passando por agentes do Denarc. “Eles se passavam por policiais civis do Denarc para enganar os traficantes”, afirmou o delegado do Denarc, Thyago Tenório.

Raimundo Rodrigues, o ‘Mula’, 45, e Agno da Cunha, o 'Xamba', 37, foram presos por volta das 17h da quarta-feira (20), durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na casa de 'Mula', localizada na Rua 5, Quadra 17 do Conjunto Cidadão, bairro Cidade Nova, Zona Norte.

No local foram encontradas três porções grandes de maconha, uma porção pequena de maconha, uma porção de cocaína, uma balança de precisão, dois celulares e R$ 650 em espécie.

Uma mulher, identificada como Eloísa Lopes, 41, também fazia parte da quadrilha. Ela foi presa também na quarta-feira, na casa em que morava, situada no Beco Rodrigues, bairro Compensa 3, Zona-Centro Oeste. Na residência, foram apreendidas 90 trouxinhas de maconha tipo skank e duas porções médias da mesma substância ilícita.

O líder da quadrilha, Moisés Arão, foi preso às 21h da quarta-feira, na Avenida Margarita, bairro Cidade Nova,na  Zona Norte, em um posto de combustível. De acordo com o delegado Thyago Tenório, Moisés havia marcado um encontro com Raimundo para negociar vendas de drogas. 

Com o policial militar reformado, foi apreendido um veículo Fiat Palio na cor verde e placas JXW-4744, além de R$ 2 mil. A quadrilha foi autuada por tráfico de drogas e associação para o tráfico, crimes previstos nos Artigos 33 e 35 da Lei nº 11.343/06.

A operação contou com o apoio de servidores do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO).

Publicidade
Publicidade