Sexta-feira, 26 de Abril de 2019
publicidade
1.png
Prazo termina em 30 de abril
publicidade
publicidade

Notícias

Quase 160 mil pessoas ainda não entregaram declaração de imposto de renda no AM

A declaracão deve ser transmitida por meio do Receitanet, programa que também deve ser baixado na página da Receita Federal na internet.


16/04/2013 às 18:04

A 15 dias do término da entrega da Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF), 159.852 contribuintes no Amazonas ainda não entregaram o documento. O ógão informou nesta terça-feira (16), que foram  recepcionadas, nos  primeiros 45 dias de entrega, apenas 140.148  declarações, do total de 300 mil aguardadas até o dia 30 de abril.

Por isso, a Receita Federal no Amazonas alerta que aqueles contribuintes que devem, mas  ainda não apresentaram  sua DIRPF, que entrem na página,  baixem  o  Programa  Gerador  da  Declaracão  (PGD)  e preencham  corretamente  com  seus dados, tais como: rendimentos, número de dependentes,  despesas  médicas  e  hospitalares.

Receitanet

A apresentação da declaração também pode ser feita pela internet, mediante utilização do programa de transmissão Receitanet ou em mídia removível, nas agências do Banco do Brasil S.A. ou da Caixa Econômica Federal localizadas no País, durante o seu horário de expediente.

publicidade

Segundo o delegado Leonardo Barbosa Frota, os contribuintes que já enviaram sua declaração devem acompanhar o processamento do documento por meio da página da Receita  Federal  na  internet,  com o cadastro de um código de acesso,  a  partir  do  número  do recibo de entrega.

"E recomendável que o contribuinte não apenas entregue sua declaração, mas que também acompanhe o processamento do documento para saber se caiu ou não na malha fina, pois se houver pendências, elas podem ser resolvidas mais rapidamente" afirmou.

Dispositivos móveis

Para facilitar ainda mais, a partir deste ano as declarações também podem ser entregues por meio de tablets e smartphones, utilizando o aplicativo m-IRPF.   A novidade está disponível para dispositivos móveis com sistemas operacionais Android e  iOS.  Mas atencão: os contribuintes que receberam rendimentos de pessoa física, os que estejam obrigados a declarar dívidas e ônus reais ou os que auferiram ganho de capital, não podem utilizar o m-IRPF.  A relação completa dos casos de impedimentos está na Instrução Normativa nº 1.339/2013.  Antes de iniciar o preenchimento, o declarante deverá  aceitar  os  termos  e  condições  da m-IRPF, informando que não se enquadra nas limitações dessa modalidade de entrega.

publicidade
publicidade
Um terço dos contribuintes ainda não declarou IR a 5 dias do fim do prazo
Reforma vai gerar economia de R$ 1,236 trilhão em 10 anos, diz governo
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.