Terça-feira, 31 de Março de 2020
ATAQUE

Quatro brasileiros morrem em ataque atribuído ao PCC no Paraguai

O ataque com armas de fogo aconteceu numa discoteca de uma cidade que faz fronteira com o Brasil. Mais seis pessoas ficaram feridas



frontera_pjc-p.pora_.jpg Foto: EBC/A.Aguilera Allexbcn/Creative Commons
24/07/2017 às 10:46

Pelo menos quatro pessoas de nacionalidade brasileira morreram e outras seis ficaram feridas nesta segunda-feira (24) depois de serem atacadas com armas de fogo em uma discoteca na cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, na fronteira com o Brasil.

Alguns veículos de imprensa locais atribuíram a agressão à organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). A informação é da EFE. A imprensa de Pedro Juan Caballero não descarta que o episódio esteja ligado a um ajuste de contas entre o PCC e um grupo rival.



As vítimas, dois homens e duas mulheres com idades compreendidas entre 18 e 24 anos, morreram em consequência dos disparos realizados durante a madrugada por dois desconhecidos um recinto da discoteca Áster Office, informou a Divisão Regional de Homicídios do Paraguai.

Além dos mortos, seis pessoas, de nacionalidades brasileira e paraguaia, com idades entre 21 e 28 anos, também ficaram feridas e foram levadas para hospitais de Pedro Juan Caballero. Segundo informações, os agressores utilizaram um fuzil automático e pistolas de nove milímetros durante o ataque, que continua sob investigação.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.