Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019
Notícias

Quatro homens são presos pelo assalto ao Banco do Brasil de Iranduba; dois estavam no Ceará

No ação criminosa, que foi 'cinematográfica', em maio deste ano, foram levados aproximadamente R$ 250 mil



1.jpg Gerente foi feito de refém na ação
21/07/2015 às 19:44

Quatro homens suspeitos de terem assaltado uma agência do Banco do Brasil de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus), em maio, de onde levaram aproximadamente R$ 250 mil, foram presos pela Polícia Civil do Amazonas nesta terça-feira (21). Os bandidos foram identificados após um trabalho de inteligência da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (DERF), que durou quase de dois meses.

Segundo a polícia, dois dos suspeitos foram presos durante a manhã. Identificados como Iran Santana da Silva e Rosivaldo Ferreira Barros, foram presos em Manaus (ambos respondem pelo crime de furto). Enquanto que, Pedro Gomes da Silva Filho, 53, o “Pedro das Vacas”, e Lerivelto Maia Silva, 47, foram capturados simultaneamente, nos município de Itaitinga e Quixadá, no Ceará.




A informação foi confirmada pelo titular da DERF, Adriano Félix, que preferiu na dar detalhes por enquanto sobre as prisões, mas que vai convocar uma coletiva de imprensa para esclarecer sobre as prisões. Pedro e Lerivelto devem ser transferidos para Manaus. A operação contou com o apoio da Polícia Civil do Ceará. Ainda de acordo com fontes da polícia, um dos presos no Ceará é um assaltante procurado no País inteiro por assalto a banco. 

Gerente, família e vigilante feitos reféns

O assalto a agência do Banco do Brasil de Iranduba aconteceu no fim do mês de maio. Na época, o gerente do banco, Mário José Tavares, a família dele e um segurança da agência, passaram a noite como reféns de três assaltantes e só foram liberados na manhã seguinte, depois que os criminosos conseguiram pôr as mãos em todo o dinheiro que tinha na agência, aproximadamente R$ 250 mil.

Para a polícia, o assalto foi muito bem planejado porque os bandidos conheciam a rotina do banco e sabiam quem era o funcionário que abria o cofre da agência.  Os assaltantes chegaram na agência com o gerente sem chamar a atenção dos funcionários e cliente, em seguida, anunciaram o assalto e trancaram as portas do banco. Depois de recolher todo o dinheiro do cofre e dos caixas eletrônicos, os bandidos fugiram.  


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.