Segunda-feira, 22 de Julho de 2019
Corpus Christi

Cerca de 80 mil veículos devem deixar Manaus no feriadão e trânsito terá mudanças

Feriado prolongado terá diversas ações em Manaus e na Região Metropolitana: para quem ficar na capital, haverá mudança no trânsito do Centro, em virtude da missa e da procissão católica que marcam a data



show_933271.JPG A Festa de Corpus Christi com o tema “Eucaristia: Fonte de Misericórdia” terá início às 16h, com celebração eucarística, na Praça do Congresso (Foto: Evandro Seixas).
25/05/2016 às 20:32

Devido o feriado de Corpus Christi, nessa quinta-feira, e o ponto facultativo, na sexta-feira, em torno de 80 mil veículos devem deixar Manaus com destino a municípios ao longo das AMs 070 (Manaus-Manacapuru) e 010 (Manaus-Itacoatiara) e BR-174 (Manaus-Boa Vista), de acordo com estimativa do Batalhão de Policiamento de Trânsito da Polícia Militar (BPTran). Para quem for ficar na capital, haverá mudança no trânsito do Centro, em virtude da missa e da procissão de Corpus Christi.

Conforme o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), a partir de meio-dia, de hoje, a rua Ramos Ferreira será interditada no trecho entre as ruas Tapajós e Ferreira Pena para a montagem do palco da missa de Corpus Christi que, neste ano, será realizada em frente à escadaria do Instituto de Educação do Amazonas (IEA). O trajeto da procissão, que sairá da Praça do Congresso, também foi alterado por conta das obras de revitalização da avenida Eduardo Ribeiro.

A Festa de Corpus Christi com o tema “Eucaristia: Fonte de Misericórdia” terá início às 16h, com celebração eucarística, na Praça Antônio Bittencourt (mais conhecida como a Praça do Congresso). O evento será realizado pela Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Conceição. De acordo com a Arquidiocese de Manaus, são esperados mais de 70 mil fiéis.

O pároco da Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Conceição, padre Charles Cunha, explicou que a celebração terá três grandes momentos, a primeira será a missa, que ocorrerá às 16h, na Praça do Congresso; em seguida a procissão e, por fim, a adoração solene e benção do Santíssimo Sacramento, no Santuário de Nossa Senhora Fátima, localizada na rua Jônathas Pedrosa, Praça 14 de Janeiro, Zona Sul.

O arcebispo de Manaus, Dom Sérgio Castriani, informou que a Eucaristia é o ponto central da nossa fé, é o sacramento fundamental da vida da Igreja. É a memória do mistério pascal e o sinal que Jesus deixou. “Nós católicos acreditamos que no pão consagrado está o corpo de Cristo, que há uma presença sacramental misteriosa, mas real, por que Jesus permanece no pão consagrado. A Igreja Católica é convidada a celebrar a missa e a sair em procissão, dando assim o testemunho público de sua fé”.

De acordo com o Manaustrans, a procissão vai provocar interdições temporárias no trânsito (rua Ramos Ferreira, avenida Getúlio Vargas, avenida Tarumã). Após a passagem dos fiéis, as vias são liberadas. Durante a realização da missa e no deslocamento da procissão, 25 agentes do instituto farão o controle do trânsito em viaturas, motos e postos fixos para possibilitar a segurança dos fiéis, dos demais usuários das vias e preservar a fluidez de veículos.

Trajeto

A celebração Eucarística, na Praça do Congresso, será presidida pelo arcebispo de Manaus, Dom Sérgio Castriani. Após a missa acontece a procissão, cujo trajeto é será feito pela rua Ramos Ferreira, avenida Getúlio Vargas, avenida Tarumã, encerrando com a solene adoração e bênção do Santíssimo Sacramento no Santuário de Nossa Senhora Fátima, na rua Jônathas Pedrosa, Praça 14 de Janeiro.

Saiba mais

Para o Papa Francisco só a Eucaristia sacia fome de afeto e misericórdia. “Os seres humanos de todo o mundo hoje precisam de nutrimento para saciar também fomes como a de amor, de imortalidade, de afeto, atenções, perdão e misericórdia, que podem ser satisfeitas somente com o Pão que vem do alto”. Conforme ele, a Eucaristia não se encerra com a comunhão do corpo e do sangue, mas conduz à solidariedade com os outros.

Operação

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos (Arsam), intensificará, a partir de hoje, a fiscalização de veículos nas saídas da capital e de alguns municípios da Região Metropolitana de Manaus (RMM) para garantir a segurança e a qualidade dos serviços de transporte rodoviário intermunicipal coletivo de passageiros. Estima-se que mais de vinte mil passageiros utilizarão o sistema regular de transporte via ônibus, vans ou veículos fretados.

A ação será realizada em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM) e Batalhão da Polícia de Trânsito (BPTRAN), Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, em oito vias de acesso aos principais municípios da RMM. Os ônibus regulares serão fiscalizados na Rodoviária Huascar Angelim, e passarão por nova abordagem na Ponte Rio Negro e barreira.

Já os veículos fretados como táxis, vans e micro-onibus serão abordados em pontos estratégicos de fiscalização. Mais de trinta fiscais atuarão na capital e nas rodoviárias dos municípios de Manacapuru, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva e Careiro. Em pontos estratégicos das rodovias de maior fluxo, como a AM 010 e BR 174, serão realizadas operações volantes.   

Atendimentos

No feriado prolongado, todas as unidades de urgência e emergência da rede estadual funcionarão normalmente, em plantão de 24 horas. De acordo com o secretário estadual de Saúde (Susam), Pedro Elias de Souza, a configuração da rede de saúde ainda permanece a mesma e as mudanças nos perfis das unidades, anunciadas pelo Governo do Estado na semana passada, só entrarão em vigor no decorrer do mês de junho, em data a ser ainda anunciada pela Susam.

Desta forma, há nove Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) e uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), para onde devem ser encaminhados, prioritariamente, os casos de urgência de baixa e média complexidade, como crises de hipertensão, pequenos ferimentos e mal-estar súbito. Além disso, há sete Prontos-Socorros, para os casos de maior gravidade, e sete maternidades estaduais, que funcionam todos os dias, também em regime de 24 horas, para atendimento às grávidas.

Às unidades que atendem com consulta agendada – como é o caso dos Centros de Atenção à Melhor Idade (CAIMIs), Centros de Atenção Integral à Criança (CAICs) e Policlínicas e Fundações de Saúde –, não funcionarão no feriado. O atendimento normal será retomado na segunda-feira, a partir das 7h. Já as unidades do Programa Farmácia Popular não funcionam no dia de Corpus Christi. Mas estarão abertas, normalmente, amanhã, das 8h às 18h e, no sábado, das 8h às 12h.

Na rede municipal, a Prefeitura de Manaus informou que serão mantidos os serviços essenciais de saúde por meio da Maternidade Moura Tapajóz (MMT), na avenida Brasil, bairro Compensa, Zona Oeste, e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192). A MMT vai funciona 24h e o SAMU também manterá o plantão 24h, atendendo as chamadas telefônicas de urgência pelo número 192.

Já as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Policlínicas, Centros de Especialidades Odontológicas, Laboratórios, Farmácias Gratuitas e Centros de Atenção Psicossocial interrompem atendimentos nesta quinta-feira retomando as atividades na próxima segunda-feira.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.