Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
DESMATAMENTO

Ramal é construído em Área de Preservação em Presidente Figueiredo no AM

Segundo os moradores, um ramal de 1 km foi aberto no último feriado prolongado. O desmatamento estaria causando sérios danos na área do Galo da Serra



aaaaaaaaagora_ramal_274B2769-DCC3-4C62-B527-D0B4E7AE8BD5.JPG Foto: Divulgação
11/09/2019 às 14:25

Moradores do Km 03, da rodovia AM-240, denunciam o desmatamento de uma Área de Preservação Permanente (APP), na estrada de Balbina, no município de Presidente Figueiredo (distante 128 quilômetros de Manaus). O terreno é localizado dentro da APP Caverna de Maroaga.

Segundo os moradores, um ramal de 1 km foi aberto durante o período do último feriado prolongado. Eles afirmam que a ação criminosa tem causado sérios danos na área do Galo da Serra.

Um morador há 30 anos da área, que preferiu não se identificar por temer represálias, destacou que o responsável pelo desmatamento já foi notificado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Presidente Figueiredo, mas terá que apresentar documentação até esta quinta-feira (12), pois afirmou que "atendia todas as exigências dos órgãos responsáveis".

“A primeira vista, o desmatamento foi devidamente planejado para esta data, numa forma de burlar a fiscalização e impressionou os moradores locais pela rapidez com que foi realizado, inclusive com a retirada imediata dos entulhos”, disse.

Ele também comentou que a secretaria de Presidente Figueiredo não quis divulgar o nome do envolvido. "A secretaria de meio ambiente do município não quer divulgar o nome do responsável, pede sigilo, mas outros moradores viram máquinas da prefeitura e caçambas. Isso leva a crer que o sigilo na verdade pode ser para encobrir crimes da própria prefeitura ou de alguém poderoso dentro dela", destacou. 

Segundo o morador, casos de desmatamentos são recorrentes no local. "É criminoso. Vem acontecendo ações atípicas nesses últimos anos nesta área, como a construção de uma loja de material de construção. Não deveria haver construção ou desmatamento num raio de 1 km da caverna, mas infelizmente, nos últimos 4 anos acontece de tudo", completou.

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) informou, por meio de nota, que acionou a Secretaria Municipal de Meio Ambiental de Presidente Figueiredo e o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), órgãos ambientais fiscalizadores. O responsável pelo ilícito foi identificado e será notificado e autuado.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.