Publicidade
Cotidiano
Notícias

RCC retoma transmissão dos desfiles do Carnaval de Manaus com novidades para o folião

A assinatura do contrato com a Comissão Executiva das Escolas de Samba de Manaus (Ceesma) aconteceu na última sexta-feira, junto com o lançamento do CD com os enredos das agremiações 16/11/2015 às 09:04
Show 1
Na madrugada deste sábado (14) foi assinado o contrato de transmissão do Carnaval 2016 entre o presidente do Sistema A CRÍTICA de Rádio e TV, Dissica Thomaz Calderaro, e representantes da Comissão Executiva das Escolas de Samba de ManauS
Luana Carvalho Manaus (AM)

É oficial! A Rede Calderaro de Comunicação (RCC) volta a transmitir o Carnaval de Manaus com o mesmo empenho e amor que dedicou durante anos, aliando novos equipamentos de ponta e muitas novidades para não restar dúvidas de que os dias de carnaval continuam sendo os melhores do ano.

A assinatura do contrato com a Comissão Executiva das Escolas de Samba de Manaus (Ceesma) aconteceu na última sexta-feira, junto com o lançamento do CD com os enredos das agremiações. A noite foi regada a samba e muita diversão, na quadra do Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Alvorada, na Zona Oeste.

Para o diretor-presidente do Sistema A Crítica de Rádio e TV, Dissica Tomaz Calderaro, este é um momento de alegria para o grupo, para as escolas de samba e, principalmente, para os foliões. “É com uma alegria tremenda que a gente volta a se entender com o Carnaval. A CRÍTICA tem uma história muito grande com a festa, desde os tempos do nosso fundador, Umberto Calderaro Filho. Podemos dizer, com toda certeza, que o Carnaval está de volta para casa”.

E a história de sucesso e parceria entre a Rede Calderaro e o Carnaval começou ainda nos anos 70, quando a TV Baré, antecessora de A CRÍTICA, realizou a primeira transmissão da festa, que acontecia na avenida Eduardo Ribeiro, no Centro de Manaus. “A gente conhece, ama e vive o Carnaval. Ele está dentro do nosso DNA”, completa Dissica.

Vem coisa boa por aí!

Há quem conte os dias para o início da festa momesca, a maior do País, quando os foliões vestem suas fantasias - das luxuosas às mais inusitadas - e vão às ruas brincar e dançar ao som das marchinhas, sambas ou frevos, espalhando arte e alegria.

Para que a festa fique ainda mais completa, a RCC, que também transmitiu o desfile nos anos 90, presenteia o folião com  a volta do “Estandarte do Povo”, totalmente reformulado, onde o público poderá votar e escolher seus itens de destaque das escolas de samba. Uma “Central do Carnaval”, instalada em um shopping da  Zona Centro-Sul, dará apoio aos brincantes durante todo o mês de janeiro. Exposições de fantasias, CD’s e acessórios das agremiações, além de oficinas de frevo, tamborim, e outros instrumentos, farão a alegria das crianças no período das férias.

Neste espaço, o folião ficará sabendo de toda a agenda dos blocos e bandas de rua, podendo se programar para não perder nenhum dia de festa. Por falar nisso, os blocos também são parceiros do projeto e, este ano, prometem um Carnaval diferente, mais estruturado e com temas voltados paras as Olimpíadas 2016.

Cobertura na rádio, TV, jornal e site

A cobertura do desfile, ensaios, blocos e bandas será completa na  TV, rádio, jornal e portal A CRÍTICA. O programa Magazine temático de férias receberá, todos os dias, a bateria de uma escola de samba para fazer a festa dos telespectadores. E não pára por aí. O programa será complementado, ainda, com links ao vivo direto das quadras das escolas de samba e das comunidades.

Aos sábados, será especialmente dedicado ao Carnaval. “Chegamos a um patamar em que não iremos só focar na transmissão dos desfiles, mas juntamos as bandas e blocos de carnaval e iremos fazer a cobertura de todas as movimentações do Carnaval”, adianta Dissica Calderaro.

A estrutura para a transmissão dos desfiles será a mesma utilizada no Festival Folclórico de Parintins. São mais de 20 toneladas de equipamentos de última geração, incluindo os óculos A CRÍTICA 360º, que levam ao público imagens em 360 graus, gravadas a partir de câmeras durante o desfile.

Publicidade
Publicidade