Domingo, 25 de Agosto de 2019
VOTAÇÃO

Reajuste da data-base de docentes e técnicos da UEA é aprovado na LDO

Nesta quinta-feira (12), aconteceu na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM) a votação  da Lei Orçamentária 2019.



WhatsApp_Image_2018-07-12_at_15.32.03.jpeg
12/07/2018 às 17:45

A Emenda à LDO foi inicialmente apresentada pelos deputados Luiz Castro, Alessandra Campelo e José Ricardo, visando garantir  em 2019 o pagamento da data-base dos servidores públicos do Amazonas e também a data-base retroativa. No caso da UEA, docentes e técnicos não a receberam nos anos de 2015, 2016, 2017 e 2018. Ao passar pela Comissão de Finanças Públicas da ALEAM, as três emendas foram aglutinadas e subscritas pelo deputado Josué Neto (Relator).Todos os deputados subscreveram emenda coletiva e a aprovaram por unanimidade.

Além de ditar o quanto o governo vai gastar no ano subsequente à aprovação da LDO, o documento estabelece também o percentual de recursos para o Judiciário, Legislativo, Ministério Público, TCE-AM e Defensoria Pública do Estado.

A presidente do Sind-UEA , Gimima Beatriz avaliou a votação como um ganho significativo na defesa dos direitos dos trabalhadores da UEA.

"Os parlamentares Luiz Castro, José Ricardo e Alessandra Campelo propuseram inicialmente as emendas, tornadas coletivas pelos demais deputados. Com isso, hoje a Assembleia Legislativa garantiu a prioridade ao pagamento de um direito que tem sido desrespeitado há quatro anos, pois embora seja lei, o pagamento da Data-Base agora consta como diretriz a ser respeitada e a UEA deverá seguir essa diretriz para o orçamento 2019. Ficamos animados com essa decisão tomada hoje nesta casa."

Durante toda a semana os membros do Sindicato dos Docentes da UEA fizeram imensa mobilização em defesa da aprovação da Lei Orçamentária 2019.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.