Publicidade
Cotidiano
Notícias

Realização de provas do SIS da UEA é marcada por tranquilidade

Neste sábado (16) e amanhã (17) será a vez dos 51.180 inscritos no vestibular, que é o processo macro de seleção, que acontecerá em todos os 62 municípios amazonenses 17/11/2013 às 14:42
Show 1
Candidatos prontos para o SIS
JORNAL A CRITICA Manaus (AM)

A realização das provas para os 20.986 candidatos inscritos nas três etapas do Sistema de Ingresso Seriado (SIS) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) aconteceu em clima de tranqüilidade ontem. Como a maioria dos candidatos é de adolescentes, um fato marcante era a presença dos pais deixando-os nas escolas.

Houve casos de estudantes inscritos para fazer prova em outra escola e tiveram que sair correndo para tentar chegar. O reitor da instituição de ensino, Cleinaldo Almeida Costa, destacou que por ser o terceiro de implantação do sistema, os candidatos que obtiveram a média serão os primeiros a acessarem a universidade pelo SIS, que avalia o aluno nos três anos.

Ao lembrar que os sistemas de avaliação seriados estão implantados em praticamente todas as universidades do País, Cleinaldo ressaltou a importância por conseguir selecionar os melhores, que para ser aprovado preciso ter  bom desempenho nas três etapas. O resultado será divulgado em 3 de janeiro de 2014. As provas são elaboradas pela Fundação Vulnesp.

Assistência

Entre os estudantes, a expectativa era grande. Muitos, sem esconder o nervosismo, falavam a importância de fazer uma prova boa, respondendo bem as 60 questões do exame, caso de Thiago Siqueira, 16, que fazia a primeira etapa. Acompanhado do pai, ele esperava dar a hora da entrada e disse ter estudado um pouco para conseguir um bom resultado.

O casal Francisco e Raimunda Lisboa, acompanhou a filha Janaína Feitoza Lisboa, 14, até a Escola Superior de Tecnologia (EST) da UEA, onde ela foi fazer a prova da primeira etapa do SIS. “É a nossa filha mais nova, porque já temos uma médica”, explicou Francisco, justificando o cuidado de acompanhar e depois voltar para buscá-la, no final da tarde. As provas seriam encerradas às 18hs, mas os candidatos podiam sair das salas a partir das 17hs.

A dona de casa Vera Lúcia Cancela, 32, levou a filha Wanessa de Souza Cordeiro, 16, para fazer a primeira prova da série. Moradora do bairro da Compensa, Zona Oeste, elas foram de carona com um amigo e chegaram às 11h59 para a sede da EST, na Avenida Darcy Vargas, no bairro da Chapada, Zona Centro-Sul. “Não podíamos arriscar perder essa oportunidade”, disse a mãe, revelando que a filha vai disputar uma vaga ou do curso de Biologia ou  Medicina. O cuidado de Vera foi tamanho que ela ficou a tarde inteira espera da filha, pois na volta iriam de transporte coletivo. Como cursou até o ensino médio, Vera sonha em ver a filha numa faculdade e a maneira encontrada para dar força e ajudá-la é esse, o da companhia. “O resto ela faz, ela é boa aluna”, assegurou.

Processo Macro

Neste sábado (16) e amanhã (17) será a vez dos 51.180 inscritos no vestibular, que é o processo macro de seleção, que acontecerá em todos os 62 municípios amazonenses. O participante deve ficar atento ao horário e local da prova, sem esquecer de levar o documento de identidade e a caneta esferográfica de material transparente de cor preta ou azul. Os põrtões serão fechados às 12h50.

O concurso acontecerá em duas etapas, sendo a primeira hoje, com 84 questões de múltiplas escolha de conhecimentos gerais com cinco alternativas cada. Amanhã, domingo, será realizada a segunda etapa, com prova de conhecimentos específicos composta de 36 questões com cinco alternativas e redação dissertativa. Serão usadas 114 escolas nos exames, sendo 72 no interior e 42 na capital.

Além do alerta para o deslocamento antecipado, para evitar retenções no trânsito, já que haverá um grande número de pessoas indo para participar do exame.

Publicidade
Publicidade