Domingo, 26 de Maio de 2019
Notícias

Rede Calderaro recebe Cruz Peregrina neste sábado

Evento faz parte da Jornada Mundial da Juventude que está em Manaus



1.gif
Símbolo percorreu ruas do Centro da cidade e pontos como hospitais
22/09/2012 às 10:22

A Rede Calderaro de Comunicação e outros veículos, situados no bairro Aleixo, na Zona Centro-Sul, recebem, na manhã deste sábado (22), a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora, símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que estão percorrendo a Arquidiocese de Manaus esta semana.

A parada para a acolhida dos dois símbolos servirá de momento de reflexão sobre o tema “Juventude e questões midiáticas”. “Pensamos que os meios de comunicação são instrumentos de educação, ética, de paz, defesa da vida, solidariedade, de verdade... Então, queremos refletir sobre isso”, disse o coordenador da peregrinação, padre Alcimar Araújo, lembrando que há muitos jovens na área de Comunicação Social.

A jornada deste sábado começou com uma missa na Catedral Metropolitana de Manaus, Centro, e os símbolos da peregrinação continuaram o percurso por hospitais e ruas do Centro.

A previsão é concluir a programação de hoje com o show “Bote fé”, que contará com atrações nacionais e locais, no Centro de Convenções, o Sambódromo, Zona Oeste, a partir das 15h.

Encontros

Na sexta (21), as reflexões da jornada foram feitas com jovens estudantes católicos, indígenas e presidiários do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), localizado no km 8 da BR 174 (Manaus - Boa Vista), e seguiu para a Fazenda da Esperança, no km 14 do ramal Cládio Mesquita, localizado na mesma rodovia.

Os jovens indígenas de várias etnias, tiveram o encontro marcado com os símbolos na praça Dom Pedro II, Centro, onde cantaram, rezaram, e manifestaram os problemas sofridos pelas aldeias no Amazonas, como drogas e alcoolismo.

À noite, foi a vez dos jovens católicos da Zona Leste, das comunidades dos bairros Cidade de Deus e Alfredo Nascimento, fazerem reflexões sobre os problemas que mais os atingem.

A Cruz

A cruz da JMJ ficou conhecida por diversos nomes: Cruz do Ano Santo, Cruz do Jubileu, Cruz da JMJ, Cruz Peregrina, e muitos a chamam de Cruz dos Jovens porque ela foi entregue pelo Papa João Paulo II, em 1984, aos jovens para que a levassem por todo o mundo, a todos os lugares e a todo tempo.

A cruz de madeira tem 3,8m Em 1994 começou um compromisso de passar pelas dioceses do todo o País.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.