Terça-feira, 20 de Abril de 2021
Troco solidário

Rede de supermercado repassa R$ 445 de campanha à fundação que auxilia a FHemoam

Arrecadação foi feita durante todo o ano passado até janeiro deste ano



Sem_t_tulo_C4A05D86-E47E-42B2-B83E-C8CB2480727D.jpg Foto: Divulgação
09/02/2021 às 10:04

O Superatacado Nova Era repassou à Fundação Sangue Nativo o valor de R$ 445 mil, arrecadado durante o ano de 2020, até janeiro de 2021, através da campanha “Troco Solidário”. A Sangue Nativo auxilia nas atividades da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (FHemoam).

A renda obtida é auditada pela Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz). Todas as unidades do Superatacado Nova Era participam da campanha. As doações são voluntárias, realizadas no ato do pagamento das compras. O cliente recebe a opção de repassar o valor do troco para as ações em prol do Hemoam, unidade que dá assistência a pacientes portadores de doenças do sangue.



A gerente de Marketing do Nova Era, Viviane Cavalcante, ressalta a importância de poder contribuir nessa ação, que é de grande relevância para os pacientes atendidos pela entidade. “Agradecemos a todos os clientes que se propuseram a participar”, afirmou.

A diretora administrativa e financeira da Fundação Sangue Nativo, Ericka Rodrigues, comemora os resultados da campanha. “Estamos muito agradecidos a todos que apoiam o ‘Troco Solidário’, principalmente os cidadãos que são os principais agentes transformadores. Cada troco depositado na campanha fortalece o trabalho realizado junto aos pacientes”, ressaltou.

Os valores arrecadados, segundo Ericka Rodrigues, são revestidos para as necessidades dos pacientes como medicação, realização de exames, entre outras demandas. Além disso, parte do valor também é investido na construção do Hospital do Sangue.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.