Publicidade
Cotidiano
Notícias

Reforma administrativa na Prefeitura será votada após a Páscoa na Câmara Municipal

De acordo com Artur Neto, a elaboração da reforma absorveu dois meses de trabalhos da equipe responsável pelo redesenho do organograma da estrutura da administração municipal 02/04/2015 às 10:17
Show 1
Márcio Noronha (à esquerda) foi à Câmara Municipal de Manaus, ontem, entregar ao presidente Wilker Barreto (último à direita) o Projeto de Lei sobre a Reforma Administrativa da Prefeitura de Manaus; a matéria deve ser votada após a Páscoa
Janaína Andrade Manaus (AM)

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Wilker Barreto (PHS), explicou que devido ao feriado da Páscoa, o projeto da Reforma Administrativa será deliberado somente na segunda-feira (6).
 
“Teremos toda a semana para trabalhar a reforma, mas com tranquilidade. O projeto passará pelas comissões de Constituição, Justiça e Redação, Finanças e Serviço Público, e a expectativa é de que, na semana subsequente (que começa no dia 13),  devolver o projeto bem discutido e aprovado para que o Executivo faça as devidas mudanças”, disse Wilker.

 
Na terça-feira, 31, o prefeito Artur Neto chegou a declarar que havia “pressa em estabelecer a nova estrutura” e que pediria que o projeto tramitasse em regime de urgência, mas, ontem, o chefe da Casa Civil, Márcio Noronha, disse que a decisão foi reavaliada.
 
“Nós avaliamos a necessidade de que o projeto tramitasse em regime de urgência, mas achamos melhor que não seja dessa forma. A proposta terá o trâmite normal e acreditamos que nos próximos dez ou doze dias será aprovado, essa é a nossa expectativa”, informou Noronha.

Publicidade
Publicidade