Terça-feira, 02 de Junho de 2020
Notícias

Renan autoriza CPI da Petrobras, mas quer CPI do Metrô de SP

Presidente do Senado dá prazo para que líderes partidários da Câmara e do Senado apresentem as indicações dos parlamentares que integrarão a Comissão



1.jpg Sessão para discutir criação de CPMI da Petrobras
07/05/2014 às 22:25

O presidente do Senado, Renan Calheiros, pediu às lideranças partidárias que indiquem os nomes para compor a comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) exclusiva da Petrobras, cuja criação ele decidiu manter com base na liminar concedida pela ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber em relação à CPI com o mesmo tema no Senado.

Renan disse que decidiu antecipar a aplicação da decisão que tomou em relação à CPI da Petrobras no Senado para o pedido de uma CPMI do Congresso sobre o mesmo tema. “Não poderia deixar de aplicar a decisão liminar do Supremo”, afirmou, adiantando que recorreu da própria decisão à Comissão de Constituição e Justiça do Senado.



Renan Calheiros disse que não está descartada a CPMI com objeto mais amplo, para investigar a Petrobras, os escândalos do metrô de São Paulo e os investimentos do porto de Suape, em Pernambuco. Essa CPMI foi patrocinada pelo governo.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.