Publicidade
Cotidiano
Notícias

Renan e Cunha foram alertados por Temer sobre investigação da Lava Jato, segundo jornal

Os nomes do deputado e do senador estão, de acordo com o Estadão, na lista de 54 políticos que serão investigados pelo Ministério Público Federal (MPF) 03/03/2015 às 20:41
Show 1
Peemedebistas negaram as trocas de informações sobre a operação
ACRITICA.COM ---

A versão on-line do jornal O Estado de S.Paulo publicou no início da noite desta terça-feira (3) matéria afirmando que os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Renan Calheiros (PMDB-AL), respectivamente, foram avisados, na última sexta-feira (27), de que estão entre os investigados da Operação Lava Jato. Segundo a publicação, os parlamentares foram alertados pelo vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB).

Os nomes do deputado e do senador estão, de acordo com a reportagem, na lista de 54 políticos que serão investigados pelo Ministério Público Federal (MPF). A lista foi encaminhada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na semana passada ao Supremo Tribunal Federal (STF). As solicitações de aberturas de 28 inquéritos serão avaliadas pelo ministro Teori Zavascki, que deve decidir pelo deferimento ou indeferimento das averiguações.

Ao jornal paulista, Michel Temer, Eduardo Cunha e Renan Calheiros negaram terem sido informados sobre a lista. A publicação ressalta que Temer e Janot se encontraram na manhã da última quinta-feira (26) em Brasília, quando informaram tratar de questões orçamentárias do MPF.  


Publicidade
Publicidade