Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
VÍDEO

Representatividade #1: gênero e sexualidade

Primeira temporada da série “Representatividade”, lançada pelo Portal A Crítica nesta terça-feira (10), debate sobre questões de gênero, sexualidade e a luta por direitos LGBT+



10/09/2019 às 17:17

O debate sobre questões de gênero, sexualidade e a luta por direitos LGBT+ ganharam visibilidade nos últimos anos. Ainda que exista algum espaço, a pouca sensibilidade para considerar as diversas formas de expressar a identidade, assim como os desafios sociais e políticos que a questão enfrenta, também o cerca de limites.

Normas sociais, estatais, religiosas e políticas catalogam, mas ainda estão longe de representar. Pensando nisso, a primeira temporada da série “Representatividade”, lançada pelo Portal A Crítica nesta terça-feira (10), dá voz a quem, de fato, usa a própria existência como ferramenta de luta.

Livres e Iguais

 “Livres & Iguais” é o nome de uma campanha da Organização das Nações Unidas (ONU) para promover a igualdade e respeito pelos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT). 

Conforme o documento, a identidade de gênero diz respeito à experiência das pessoas com o próprio gênero. Quem se identifica com o gênero designado no nascimento é cisgênero. Isto quer dizer que a identidade da pessoa está de acordo com as características físicas (genitais e hormonais) reconhecidas ao nascer.

Há, no entanto, uma extensa variedade de identidades, permitindo outras possibilidades de existência às pessoas que não se identificam com o sexo biológico. Esse é o caso das pessoas transgênero, que têm identidade diferente daquela determinada no nascimento a partir de aspectos físicos.

O documento da ONU reconhece que é comum a confusão entre identidade de gênero e orientação sexual. É perfeitamente possível ter orientação heterossexual, homossexual, bissexual ou assexual, independentemente da identidade. Sendo assim, ser trans não significa necessariamente ser homossexual.

Os conceitos, formas de expressão, desafios sociais e políticos da questão vão circundar os episódios da série “Representatividade”. Uma vez por semana, amazonenses que vivem essa realidade em Manaus compartilham suas histórias no Portal A Crítica. No primeiro episódio, o fotógrafo da Assembleia Legislativa do Amazonas, Noa Magalhães, divide a experiência de ser homem trans em uma repartição pública.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.