Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
1.png
publicidade
publicidade

Notícias

Reta final: Amazonenses têm apenas oito dias para declarar imposto de renda

Segundo a Receita Federal, mesmo perto do final do prazo para entrega, o ritmo de transmissão continua lento


23/04/2013 às 08:48

Faltando oito dias encerrar o prazo de entrega da declaração do IRPF 2013, até as 9h desta segunda-feira (22), apenas 163.145 contribuintes no Amazonas tinham ajustado contas com o “Leão”. O número equivale a 54,3% do total esperado no estado, que é de 300 mil declarações.

Segundo a Receita Federal, mesmo perto do final do prazo para entrega, o ritmo de transmissão continua lento. Da manhã da última sexta-feira, até a manhã desta segunda, apenas 10.193 documentos foram entregues.  Apesar dos  números, o órgão espera atingir a expectativa de entrega até o final do prazo.

Segundo o delegado Leonardo Barbosa Frota, “quem deixar para as últimas horas corre o risco de enfrentar problemas técnicos no seu equipamento ou no link de internet  e não conseguir transmitir a sua declaração e esse tipo de situação não exime o contribuinte da multa por entrega fora do prazo.

publicidade

Além da multa, o contribuinte que não entregar a declaração ficará com restrição fiscal para realizar operações financeiras como empréstimos bancários e financiamentos”, explica Leonardo, acrescentando, ainda, que quem perder o prazo estará sujeito ao pagamento de uma multa mínima de R$ 165,74 ou de até 20% do imposto devido.

Lentidão

“Já estamos observando em horários de picos uma certa lentidão no Programa da Receita, o que deve se agravar nos próximos dias. Por isso, estamos solicitando para nossos clientes a entrega da documentação necessária para a elaboração do documento o mais rápido possível, evitando qualquer imprevisto”, alerta o diretor executivo da Confirp Consultoria Contábil, Richard Domingos.

A principal dica de Domingos para não quem entregou o formulário é fazê-lo o mais rápido possível. “Se deixar para o dia 30, o contribuinte irá enfrentar o sistema congestionado ou mesmo enfrentar outros problemas e, caso não consiga entregar a declaração, terá que pagar a multa por atraso”, conta Domingos, explicando que a multa tem o valor mínimo de R$ 165,74, e máximo de 20% sobre o imposto devido, mais juros de mora de 1% ao mês.

publicidade
publicidade
Bolsonaro e Paulo Guedes se contradizem ao falar sobre Zona Franca de Manaus
Jerônimo Antunes renuncia do cargo no Conselho da Petrobras
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.