Terça-feira, 25 de Janeiro de 2022
Reunião Codam

Reunião do Codam avalia projetos estimados em R$ 1, 1 bilhão

Quarenta e dois projetos estão na pauta da segunda reunião de 2013 do Conselho, no dia 24 de abril



1.png Da árvore da catuaba, empresa quer fabricar coquetel em Rio Preto da Eva
20/04/2013 às 10:42

A segunda reunião do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) este ano, vai deliberar sobre  pauta que relaciona 42 projetos industriais com recursos estimados em R$ 1,1 bilhão e 1.996 vagas no mercado de trabalho, no período de até três anos.  A reunião acontece no próximo dia 24, às 15h, no auditório da Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam). 

Os projetos a serem avaliados pelos conselheiros do Codam incluem propostas para a fabricação de tablets, telefone celular e motocicletas. A pauta também relaciona projetos para a fabricação de bicicletas, telhas metálicas, alimentos a base de cereais, condicionadores de ar e travesseiros.



Um dos destaques da pauta da 244ª reunião do Codam é o projeto para a produção de coquetel de catuaba e sangria no município de Rio Preto da Eva. Uma nova resolução do Codam autorizou a fabricação de bebidas alcóolicas, somente nas cidades do interior.

Do total de 42 projetos, 16 são de bens intermediários (componentes) e 23 são de bens finais.

Em termos de investimentos o maior projeto da pauta da 244ª reunião do Codam é o da Digibrás para produção de telefone celular. A empresa se propõe a investir mais de R$ 500 milhões e a contratar 144 trabalhadores. A Positivo também quer produzir celular com recursos de R$ 67 milhões, com a força de trabalho de 179 pessoas. A Unicoba apresenta proposta para a fabricação de tablets com investimentos de R$ 31 milhões abrindo 120 vagas no mercado.

Até o momento,  considerando as projeções da 244ª reunião, o Codam acumula investimentos de R$ 1.351.629.566  e cerca de 3.600 empregos. A última reunião do Codam foi realizada em fevereiro e resultou na aprovação de  22 projetos, com destaques para as propostas da Unicoba para a fabricação de lâmpadas LED a partir de investimentos de R$ 88 milhões e da Philco para a produção de condicionadores de ar com recursos de R$ 32 milhões.

 

 


Mais de Acritica.com

25 Jan
cadeira-gamer-gq_E2B93426-51F0-41A7-8757-280FB2AAA170.jpg

Por que comprar uma cadeira gamer?

25/01/2022 às 16:18

Seja para o home-office, estudos ou jogos, uma cadeira gamer se encaixa perfeitamente a essas necessidades, principalmente por causa de sua ergonomia e durabilidade


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.