Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
Notícias

Revista é realizada na Unidade Prisional de Maués; quatro presos são transferidos para Manaus

Os quatro internos transferidos estavam envolvidos em um princípio de tumulto registrado na última sexta-feira (1º). Eless tentaram danificar os portões, e conseguiram quebrar alguns cadeados



1.jpg
Os internos estavam envolvidos em um princípio de tumulto registrado na última sexta-feira (1º), que culminou após a agressão de dois internos e resultou na morte de um dos detentos
06/01/2016 às 14:02

Na tarde desta quarta-feira (6), a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), por meio da Coordenação do Sistema Penitenciário (Cosipe), realizou revista na Unidade Prisional de Maués e a transferência de quatro internos do município para Manaus.

Os internos estavam envolvidos em um princípio de tumulto registrado na última sexta-feira (1º), que culminou após a agressão de dois internos e resultou na morte de um dos detentos.

A unidade atualmente possui 116 internos, sendo 104 homens e 12 mulheres. A ação foi comandada pelo Major Lima Júnior, coordenador do sistema e contou com o apoio da 10ª Companhia Independente da Polícia Militar (10ª CIPM).

Durante a revista nos três pavilhões masculinos e nas duas celas femininas, foram encontrados nove celulares, quatro baterias, 20 carregadores de celulares, três bobinas de ventiladores, 12 tesouras, uma trouxinha de maconha, e diversos parafusos, agulhas e pedaços de madeira.


Major Lima Júnior explica que a revista e a transferência dos presos foram motivadas pelos últimos acontecimentos na unidade. “Estamos monitorando e nos fazendo presentes em revistas pontuais e preventivas. Além disso, a unidade registrou dois casos de agressão e um óbito, situações que não podemos admitir no sistema penitenciário. Todos os presos custodiados do Estado serão tratados da mesma forma, e os problemas que os internos tiveram entre eles nas ruas não devem ser levados para dentro dos muros das unidades”.

Os internos Jonilson de Oliveira Castro, de 27 anos, preso por tráfico de drogas e formação de quadrilha, Arlesson Gonçalves da Silva, de 19 anos, preso por roubo Aldinei Tavares de Sales, de 20 anos, preso por homicídio e Kerlisson Rodrigo Reges Dias, de 23 anos, preso por homicídio, serão transferidos para Manaus no final da tarde desta quarta-feira (6).

Principio de tumulto, agressão e óbito de interno

Na sexta-feira (1º), o diretor da Unidade Prisional de Maués foi chamado às 14h, após ser comunicado sobre uma alteração no pavilhão 3. O diretor e o diretor adjunto constataram que o interno Elivanderson Ribeiro de Souza tinha sido agredido por outros presos. Elivanderson foi encaminhado ao hospital com lesões graves.

Segundo informações do diretor da unidade, Ademar Gruber, ao retornarem do hospital foram identificados quatro possíveis agressores que estavam com manchas de sangue no corpo e mais um interno agredido: Ivan Nepomuceno Alves, Jonilson de Oliveira Castro, Arlesson Gonçalves da Silva e André Pereira Pessoa participaram da agressão de Elivanderson e Renato Pereira de Oliveira.

Os quatro internos tentaram danificar os portões, e conseguiram quebrar alguns cadeados. Ivan, Jonilson e Arlesson se encontravam fora de suas celas no momento da abordagem dos diretores e funcionários.

Ademar Gruber esclarece que foi solicitado reforço policial do município para controlar a situação e acalmarem os internos, que o agrediram verbalmente. “No momento em que iríamos levar os internos a delegacia para prestarem depoimento sobre a agressão, Ivan correu em direção a um dos policiais, que teve que conter o ataque com um disparo”, disse Gruber. Ivan não resistiu aos ferimentos e veio a óbito a caminho do hospital.

*Com informações da assessoria de imprensa


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.