Quinta-feira, 02 de Julho de 2020
MEIO AMBIENTE

Rio de Janeiro começa a multar comerciantes que ofereçam canudo de plástico a clientes

Nova lei carioca exige que canudos disponibilizados nos comércios sejam de papel biodegradável e/ou reciclável e embalado com material semelhante



mca_abr_1809185100_3DE91ECF-1CEB-4DDD-854F-60AF5721E2F1.jpg Foto: Agência Brasil
19/09/2018 às 12:14

A Vigilância Sanitária do município do Rio de Janeiro começou a multar bares, restaurantes e ambulantes que ofereçam canudos plásticos aos clientes. Uma nova lei carioca exige que canudos nos comércios sejam de papel biodegradável e/ou reciclável e embalado com material semelhante

Nos últimos 60 dias, técnicos do órgão visitaram estabelecimentos e intimaram os comerciantes a substituir os canudos por outros de papel biodegradável. A partir de agora, os profissionais vão conferir se a substituição foi feita e aplicar multas caso voltem a encontrar canudos de plástico.



Os estabelecimentos que ainda não foram visitados continuarão a ter o prazo de 60 dias para substituir o canudo plástico. O período só começará a valer a partir da primeira visita dos técnicos. Desde 19 de julho, já foram inspecionados mais de 5 mil estabelecimentos na cidade.

As multas aplicadas para comerciantes serão de R$ 1.650 e, para ambulantes, de R$ 650. Em ambos os casos, a punição é de R$ 6 mil em caso de reincidência.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.