Quarta-feira, 24 de Julho de 2019
Notícias

Rio Negro sobe 32 centímetros em quatro dias, mas nível ainda está abaixo do registrado em 2015

Para o chefe do Serviço de Hidrologia do Porto de Manaus, nos próximos dias o rio deve retornar seu curso normal da enchente



1.jpg Negro deve voltar ao seu ritmo normal de cheia, diz Valderino
02/03/2016 às 10:27

Nos últimos quatro dias, o nível do rio Negro, em Manaus, subiu 32 centímetros e atingiu a cota de 20,03 metros. Um comportamento bem diferente do que foi visto no último mês de fevereiro quando em 20 dias o rio secou 53 centímetros. Porém, o Negro está com o nível 5 metros abaixo do mesmo período do ano passado, quando a cota era de 25,03 metros.

Para o chefe do Serviço de Hidrologia do Porto de Manaus, Valderino Pereira da Silva, nos próximos dias o rio deve retornar seu curso normal da enchente. “O rio estava em período de enchente, esse recuo que teve não é normal, mas ocorreu em outros anos. Acreditamos que é uma coisa momentânea e que daqui uns dias o Negro vai retornar o caminho normal da enchente que vai até meados de junho a julho”, disse.


Sobre a previsão do tamanho da enchente deste ano, Valderino destacou que, hoje, o rio está a 5 metros abaixo do nível do ano passado, porém, no dia 1 de março de 2015 o rio subiu 3 centímetros, enquanto no mesmo dia desse ano subiu 10 centímetros. No dia 2 de março do ano passado subiu 4 centímetros e, hoje, mesma data, subiu 9 centímetros. Ou seja, em dois dias a diferença é de 12 centímetros.

“Se continuar com esses valores, que são altos para o período, esses cinco metros serão diminuídos em curto prazo, então, não podemos afirmar se vai ser realmente uma enchente pequena. Mas é preciso aguardar pelo menos até o final dessa semana para ver como o rio vai se comportar. Se voltar para o patamar normal de 4 cm a 5 cm presume-se que será uma cheia pequena a média”, afirmou.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.