Publicidade
Cotidiano
Notícias

Ronda no Bairro será implantado em Humaitá (AM)

Humaitá é a quarta cidade do interior a receber o curso de qualificação dos policiais que vão atuar no Ronda no Bairro. A primeira turma é composta por 52 policiais, 48 militares e quatro civis 24/07/2013 às 12:17
Show 1
Humaitá é a quarta cidade do interior a receber o curso de qualificação dos policiais que vão atuar no Ronda no Bairro
acritica.com Manaus

O processo de implantação do Ronda no Bairro no município de Humaitá (a 590 quilômetros de Manaus)  está avançado. Nesta terça-feira (24), o município deu início ao processo de preparação para receber o programa com a aula inaugural da capacitação de 52 policiais, entre civis e militares que irão atuar no município.

Humaitá é a quarta cidade do interior a receber o curso de qualificação dos policiais que vão atuar no Ronda no Bairro. A primeira turma é composta por 52 policiais, 48 militares e quatro civis.

Em Iranduba, Manacapuru e Itacoatiara, na Região Metropolitana de Manaus, a Secretaria Executiva Adjunta do Ronda no Bairro já concluiu a qualificação de 212 policiais civis e militares dentro da filosofia de policiamento comunitário.

A aula inaugural do curso para o Ronda no Bairro contou com a presença do comandante-geral da Polícia Militar do Amazonas, coronel Almir David, do prefeito de Humaitá, José Cidenei Lobo, do comandante do 4º Batalhão, major PM Nildoberto Luzeiro, do delegado titular de Humaitá, Teotônio Rego Pereira, e da Promotora de Justiça, Eliana Guedes.

O curso de capacitação tem carga horária de 152 horas e é composto por 18 disciplinas como Direitos Humanos, Ética e Cidadania, e Policiamento Comunitário, Ambiental e Fluvial. Segundo o secretário executivo adjunto do Ronda no Bairro, coronel PM Amadeu Soares, o curso é um reforço dos investimentos no policial.

A determinação do governador do estado é que o programa seja implantado em 12 municípios do interior. Os estudos de geoprocessamento para identificação das demandas de segurança pública, considerado o pontapé para a instalação do programa, já foi desenvolvido com o levantamento espacial e populacional e a divisão das áreas e demandas das cidades.

O programa de reforço no policiamento e segurança comunitária será implementado nas cidades de Iranduba, Manacapuru, Coari, Tefé, Tabatinga, Itacoatiara, Parintins, São Gabriel da Cachoeira, Humaitá, Eirunepé, Lábrea e Boca do Acre.

 

Publicidade
Publicidade