Quinta-feira, 27 de Fevereiro de 2020
ELEIÇÕES

Roraima é o primeiro estado a eleger uma mulher indígena para deputada federal

Advogada, Joênia Wapichana se dedica à defesa das causas dos povos indígenas, como a demarcação de terras e a preservação da cultura



ind_gena_A6DF2D26-748F-4A13-A434-39C862C675B3.JPG Foto: Agência Brasil
08/10/2018 às 17:45

Pela primeira vez, uma mulher indígena foi eleita deputada federal. Joênia Wapichana (Rede), de 43 anos, será uma dos oito parlamentares federais por Roraima. Formada em Direito, nasceu Joênia Batista de Carvalho, mas adotou como sobrenome sua etnia. Segundo estimativas não oficiais, são 3,5 mil indígenas wapichana no Norte do país.

Advogada, Joênia Wapichana se dedica à defesa das causas dos povos indígenas, como a demarcação de terras, a preservação da cultura, mais atenção para saúde e educação para as etnias. Durante a campanha, ela também falou no fortalecimento dos centros culturais para os indígenas.



Com o slogan Fazendo História Junto com Todos para Melhorar a Vida dos Povos Indígenas, Joênia destacou como prioridades a defesa dos direitos coletivos dos indígenas, o desenvolvimento sustentável no Estado de Roraima, respeitando as diversidades e o combate à corrupção.

Nas redes sociais, o ator Marcos Palmeira postou um vídeo em que elogia Joênia. “É uma indígena, importantíssima, para estar representando lá no Congresso.”


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.