Sábado, 14 de Dezembro de 2019
CRISE

Rússia acusa oposição da Bolívia de desencadear onda de violência

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou sua renúncia no domingo para reduzir a violência que atinge seu país desde o resultado polêmico da mais recente eleição



putinnnnnn_7DD412C3-BDC6-4936-B54A-F654F251DB02.JPG Foto: Reuters
11/11/2019 às 08:43

A Rússia acusou nesta segunda-feira (11) a oposição boliviana de desencadear uma onda de violência no país sul-americano e disse que as tentativas de diálogo governamentais pareciam ter fracassado devido a um golpe de Estado.

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou sua renúncia no domingo para reduzir a violência que atinge seu país desde o resultado polêmico da mais recente eleição, embora dizendo que fora vítima de um “golpe” e que enfrentava uma possível prisão tenha intensificado o receio de conflitos ainda maiores.



O Ministério das Relações Exteriores da Rússia informou em um comunicado que está alarmado diante dos acontecimentos e pediu que todas as forças políticas demonstrem bom senso e atuem de modo responsável.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.