Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020
Notícias

Rússia libera exportações de carne de cinco frigoríficos brasileiros

A Rússia tem exigências sanitárias rigorosas para ingresso de produtos alimentícios em seu mercado e o Brasil é um dos seus principais fornecedores



1.jpg O Brasil é um dos principais exportadores de proteína animal do mundo
04/08/2014 às 20:52

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento informou segunda-feira (4) que a Rússia liberou cinco frigoríficos brasileiros para exportar carne bovina e suína para o país.

Para carne bovina, foram autorizadas as empresas Mataboi, em Minas Gerais; Frigoestrela, em São Paulo; Marfrig, em Goiás; e Agra, em Mato Grosso. Para carne suína, foi liberada a empresa Cotriji, no Rio Grande do Sul.

Segundo o Ministério da Agricultura, a autorização para venda de carne bovina saiu quinta-feira (31) e, para carne a suína, sexta-feira (1°). A Rússia tem exigências sanitárias rigorosas para ingresso de produtos alimentícios em seu mercado, e o Brasil mantém diálogo e se esforça por se adequar às normas do país europeu.



O mercado russo é um dos principais para a carne brasileira. Segundo dados do Ministério da Agricultura, no ano passado, de US$ 2,72 bilhões em produtos agrícolas brasileiros vendidos para a Rússia, 44,1%, ou US$ 1,2 bilhão, foram de carne bovina. As vendas de carne suína totalizaram US$ 412 milhões, ou 15,1%.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.