Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020
INTERNACIONAL

Russos concedem a Putin direito de permanecer no poder até 2036

Os resultados oficiais, com quase um terço do votos apurados, indicaram que o ex-oficial da KGB, que governa a Rússia há mais de duas décadas como presidente ou primeiro-ministro



putin_03265C3D-3ED1-40D6-9CEE-49754356B4C3.JPG Foto: Reprodução/Youtube
02/07/2020 às 08:26

Os russos aparentemente abriram caminho para o presidente Vladimir Putin permanecer no poder até 2036, aprovando com folga um pacote de mudanças constitucionais que também irá aumentar os valores das aposentadorias, mostraram os resultados parciais de uma votação nacional nesta quarta-feira.

Os resultados oficiais, com quase um terço do votos apurados, indicaram que o ex-oficial da KGB, que governa a Rússia há mais de duas décadas como presidente ou primeiro-ministro, facilmente conquistaria o direito de concorrer a mais dois mandatos. Isso significa que ele poderia permanecer presidente por mais 16 anos.



A Comissão Eleitoral Central disse que 74% dos votos apurados eram a favor da mudança na Constituição. Pouco menos de 25% tinham votado “não” dentre os 30% de votos apurados.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.