Quarta-feira, 24 de Julho de 2019
Cidadania

LGBTFobia: Preconceito ainda muito presente nas universidades do Amazonas

O preconceito começa pela não autorização de uso do nome social nos registros acadêmicos e funcionais das instituições



LGBT.JPG II Mostra de Direitos Humanos LGBT tem por objetivo construir uma consciência social crítica por meio de debates, obras cênicas, entre outros (Divulgação)
20/05/2016 às 20:31

Apesar das diversas campanhas de conscientização sobre a cidadania e os direitos humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais (LGBT), o público desse grupo ainda enfrenta muitos desafios. Os preconceitos são os mais diversos e vão desde bulling na escola (no caso de adolescentes) a violência institucional (tratamento oriundo de policiais). Para a comunidade LGBT, há uma enorme carência de espaços para diálogo e reflexão sobre a causa no Amazonas. 

O cenário é mais preocupantes na universidade, de acordo com o presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE/AM), Kennedy Costa. Conforme ele, é nesse local que a LGBTFobia – preconceito contra transexuais, travestis e transgêneros – está mais presente. “Começa pela não autorização de uso do nome social nos registros acadêmicos e funcionais das instituições. Esse é o principal desafio do público T, que não tem seus direitos respeitados pela direção e demais estudantes”, contou.

E mesmo naquelas instituições onde o uso do nome social foi regulamentado, a comunidade trans continua sofrendo discriminação. “A LGBTFobia é histórica, a gente teve direitos instituídos nos últimos dozes anos, o uso do nome social passou a ser efetivo, mas ainda assim é uma política que não corresponde a demanda real. Muitos estudantes acabam desistindo dos estudos em razão do grande preconceito que sofrem dentro das universidades e faculdades”, frisou Kennedy.

Ontem, o estudante participou de um debate sobre o “Pacto Federativo, Combate e Enfrentamento a LGBTFobia na Universidade”, realizado em Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros de Manaus) pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE), da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), em parceira com o Fórum LGBT. O evento faz parte da programação da II Mostra de Direitos Humanos LGBT, que teve início no último dia 16 e termina hoje.

A mostra integra as comemorações do Dia Internacional de Enfrentamento a LGBTFobia, celebrado no dia 17 de maio. “Nós queremos despertar a população para refletir acerca da LGBTFobia. A presidente (afastada) Dilma Rousseff assinou em abril um decreto que permite o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas travestis e transexuais no âmbito da administração pública federal, mas é preciso garantir esse direito em todas as esferas”, disse Kennedy.

Conforme o presidente da UNE/AM, Kennedy Costa, existem somente 32 trans cursando o ensino superior, sendo que há em torno de 400 em todo o Estado que adotaram o nome social. Muitos desistem de estudar por sofrem preconceito nas instituições de ensino por não poderem usar o nome social.

Mostra

De acordo com o coordenador geral da II Mostra de Direitos Humanos LGBT,  Fran Marthins, o evento tem por objetivo construir uma consciência social crítica por meio de debates, obras cênicas, mostra acadêmica, oficinas e fotografias da causa, dando desta forma visibilidade a população LGBT do Amazonas.

A mostra, conforme ele, surgiu em 2015 na Escola Superior de Arte e Turismo (Esat-UEA) para tentar suprir a falta de espaço para diálogo de reflexão e divulgação de pesquisas sobre o universo LGBT a sociedade em geral. “O festival é de extrema importância, especialmente para a população LGBT, que sofre por uma demanda de evento político que de fato trabalhe a causa social”, disse.

O Evento se encerra hoje, na Esat-UEA, na avenida Leonardo Malcher, bairro Praça 14 de Janeiro, Zona Sul. Entre a programação está às oficinas de Vogue dance e Stiletto dance, às 10h; e de Criação de Drag Queer, às 14h. Encontro de casais LGBT, às 16h; oficina sobre estigmatização do preservativo na relação sexual, às 19h; e mostra cênica: Persona, face dois, às 20h.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.